Ainda duvida que a Terra é redonda? Veja como os gregos provaram isso há 2 mil anos

Direito de imagem Nasa
Image caption Retrato da Terra feito por satélite americano

O rapper Americano B.o.B recentemente recorreu ao Twitter em uma missão para convencer seus seguidores de que a Terra é plana.

Ele tuitou uma fotografia explicando que a distância entre o objeto em primeiro plano e o horizonte ao fundo era de quase 26 km, e pergunta: “Cadê a curva? Alguém pode explicar, por favor?”.

Milhares de pessoas retuitaram o comentário, outras tentaram argumentar com ele – inclusive o astrofísico e apresentador de TV Neil deGrasse Tyson. Mas B.o.B não se convenceu.

Como, então, podemos afirmar com tanta certeza que a Terra é redonda? Comecemos com algumas fotos.

Na primeira foto desta reportagem, é possível ver a Terra a uma distância de 1,6 milhão de quilômetros. A imagem foi composta por uma série de fotos tiradas por uma câmera da Nasa instalada no satélite Deep Space Climate Observatory.

Direito de imagem Nasa
Image caption Terra vista a partir da Lua

Acima está um retrato da Terra vista a partir da Lua. A Lua, como todos nós podemos ver no céu, também é redonda. Mas nada disso parece arrebatar B.o.B, porque ele também acredita que as fotos feitas pela Nasa são forjadas.

Filosofia e matemática

Independentemente do que ele ou outros acreditem ser a verdade, há um fato interessante a levar em conta: o Homem já sabia que a Terra era redonda antes mesmo de dominar as viagens espaciais.

Há mais de 2 mil anos, o filósofo grego Aristóteles já tinha entendido tudo. Em seu livro Sobre o Céu, ele escreveu: “Novamente, nossas observações das estrelas tornam evidente que não só a Terra é circular, como também se trata de um círculo não muito grande. Uma pequena mudança de posição para o sul ou para o norte provoca uma alteração nítida no horizonte”.

Em outras palavras, as diferentes constelações que vemos no céu dependem de onde estamos. O firmamento observado no Hemisfério Norte não é o mesmo no Hemisfério Sul. Se a Terra fosse plana, veríamos sempre as mesmas estrelas de qualquer ponto e a qualquer momento.

Outro grande pensador e matemático grego, Eratóstenes, foi além e conseguiu medir a circunferência da Terra. Ele descobriu que ao meio-dia, em uma certa cidade do Egito, o Sol estava sempre acima da sua cabeça. Mas em outra localidade, o Sol não subia tanto naquela exata hora do dia.

Eratóstenes conhecia a distância entre as duas cidades, mediu a altitude do Sol em cada uma ao meio-dia, e aplicou um pouco de trigonometria. Seu método pode ter sido um tanto rudimentar, mas ele certamente estava na pista certa.

Desde então, o fato de a Terra ser redonda se tornou o senso comum, pelo menos entre as pessoas mais poderosas e ilustradas.

Mais recentemente, muitos exploradores conseguiram completar a volta ao mundo. O português Fernão de Magalhães circunavegou a Terra entre 1519 e 1522, algo que teria sido muito mais difícil de fazer caso o planeta tivesse uma borda.

No entanto, mesmo antes do feito de Magalhães, navegadores mais atentos já tinham percebido que a Terra era redonda, ao observarem que, ao apontar rumo a um objeto alto, como uma montanha, o topo aparece sobre o horizonte antes de todo o resto.