Navio cargueiro abandonado à deriva ameaça costa francesa

Direito de imagem Marinha Francesa
Image caption Navio de bandeira panamenha está tombado em um ângulo de quase 50 graus

Um navio de carga avariado está em rota de colisão com a costa da França, e autoridades tentam rebocá-lo para evitar um desastre ambiental.

O navio Modern Express, de bandeira panamenha, começou a tombar no último dia 26, e todos os 22 tripulantes foram resgatados por um helicóptero após um chamado de emergência.

Esforços para rebocar a embarcação não deram certo até agora, mas haverá uma nova tentativa nesta segunda-feira.

Se a operação falhar, o navio irá atingir a costa atlântica da França entre a noite de segunda-feira e a manhã de terça-feira.

O mau tempo dificultou a operação de resgate no domingo, dois dias após um cabo de reboque para a embarcação de 164 metros se romper em alto mar.

Direito de imagem Marinha Francesa
Image caption Embarcação contém 300 toneladas de combustível, e autoridades tentam rebocá-la antes de encalhe ou colisão

O navio, que transporta 3,6 mil toneladas de lenha e máquinas de perfuração do solo, está tombado em um ângulo entre 40 e 50 graus.

Emmanuel de Oliveira, da Prefeitura Marítima do Atlântico, órgão francês, disse que agora "é totalmente impossível colocar o navio de volta na posição original".

A embarcação contém cerca de 300 toneladas de combustível, segundo autoridades francesas.

O jornal francês Sud-Ouest informou que medidas emergenciais serão tomadas para conter e retirar o combustível caso o navio encalhe.

Em 2002, o navio petroleiro Prestige naufragou na costa do norte da Espanha, derramando 50 mil toneladas de petróleo e poluindo milhares de quilômetros de litoral.

Às 11h (8h pelo horário de Brasília) de domingo, o Modern Express estava a aproximadamente 100 km da costa sudoeste da França, entre Bordeaux e Biarritz.