O supercarro francês inspirado em aviões caça

Bell & Ross Direito de imagem Bell Ross
Image caption Design de supercarro lembra o de um caça

A Bell & Ross tem um longo histórico de fabricação de relógios, não tanto de carros.

Mas a empresa francesa identificou que:

a) compradores de supercarros, reais ou imaginários, amam bons relógios;

b) a melhor forma de chamar a atenção dos compradores de supercarros, reais ou imaginários, é construir um supercarro – ou pelo menos fazer o modelo de um.

Também é a melhor forma de roubar as atenções na exposição de relógios Baselworld, na Suíça, onde a Bell & Ross lançou seu mais recente sonho sob rodas: o atraente AeroGT.

Direito de imagem Bell and Ross
Image caption Objetivo maior é associar modelo ao relógio da marca

A B&R o chama de “carro conceito meio aeroplano” e, de fato, ele é cheio de toques de aerodinâmica inteligentes – as rodas lembram turbinas, exaustores que parecem de aviões e estrutura que se assemelha à cabine de um caça. Há até um tubo de pitot, instrumento de medição de velocidade, na parte da frente.

Em 2014, a empresa apresentou a moto B-Rocket, resultado de um ano de colaboração com a Shaw Harley-Davidson Speed & Costumer. A B-Rocket era de velocidade; o AeroGT não é (mas vamos ser francos, construir um supercarro inteiramente funcional não é fácil, e o fato de ele parece tão incrivelmente real deve ser aplaudido).

Um motor turbo gêmeo de 4,2 litros V8, combinado com uma transmissão automática velocidade oito, gera uma força hipotética de 602 cavalos, que soa muito realista e completamente adequada ao carro de fibra de carbono com corpo de alumínio que chega à casa de 1300 kg – idêntico ao Koenigsegg One:1.

Direito de imagem Bell and Ross
Direito de imagem Bell and Ross
Direito de imagem Bell and Ross

A arrancada de zero a 100 km/h pode acontecer em menos de 3 segundos e o velocímetro (ou indicador da velocidade do ar, como pode ser o caso) pode chegar a 315 km/h.

Mas fica uma dúvida: se é tudo imaginário, por que não dar um motor de 2400 cavalos de uma Hawker Typhoon e pronto?

O fato é que, assim como com a B-Rocket, o AeroGT existe não como um presságio de um modelo arrasador, mas para chamar atenção para o relógio de mesmo nome.

Surpreende que num ano que já nos deu a Faraday Future FFZERO1, a Lamborghini Centenario e o Bugatti Chiron, o supercarro mais impressionante venha de uma empresa que não tem nada a ver com carros.