Fenômeno da web, Carreta Furacão se apresentará sem Fofão em protesto na Paulista

Direito de imagem Reproducao
Image caption Carreta Furacão durante apresentação pelas ruas de Riberão Preto, no interior de SP

A Carreta Furacão, grupo de Ribeirão Preto (SP) que virou hit na internet e se fantasia de diversos personagens – inclusive o Fofão –, se apresentará durante manifestação a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff na avenida Paulista, na tarde deste domingo. A informação foi passada por um dos donos da empresa à BBC Brasil.

A polêmica começou após após o MBL (Movimento Brasil Livre, de oposição ao governo) lançar uma campanha na internet para arrecadar dinheiro para levar a atração ao protesto. Ao saber da intenção, o criador e dono do Fofão original, Orival Pessini, de 71 anos, proibiu o uso do personagem no ato.

Na Paulista, o grupo não deve usar a fantasia de Fofão.

Até então, ao menos dez eventos e campanhas tinham sido criadas na internet para levar a carreta para a capital paulista, mas nenhuma vingou. A Carreta Furacão disse que sequer havia sido procurada para se apresentar em São Paulo antes da proposta do MBL.

Sucesso nas redes

Com milhões de acessos no YouTube, a Carreta Furacão se tornou um sucesso nas redes sociais nos últimos anos. O grupo chama a atenção por dançar pagode e funk enquanto rebolam usando fantasias de personagens de desenhos animados, como Mickey, Fofão e Capitão América.

As performances, que incluem saltos e corridas por paredes, são feitas pelas ao lados dos famosos trenzinhos, com até 150 pessoas, que desfilam pelas ruas de Ribeirão Preto (a 313 km de São Paulo).

Wellington Cardoni Dameto, de 38 anos, que ajuda a mulher a administrar o grupo, afirmou que é a favor do impeachment da presidente Dilma.

"Nós fizemos um show em Porto Alegre (RS) e vamos fazer outro em Florianópolis (SC). Pedimos R$ 11 mil para o translado porque temos nove pessoas no nosso grupo e precisamos pagar as passagens. De qualquer forma, mesmo sem o Fofão, vamos fazer uma bela apresentação", afirmou.

O dinheiro foi arrecadado pelo MBL por meio de uma vaquinha feita pela internet. O movimento pró-impeachment havia arrecadado R$ 12.500 até o início da tarde deste domingo. A apresentação do grupo está prevista para ocorrer às 16h.