BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 20 de fevereiro, 2004 - 15h49 GMT (12h49 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Rei do Camboja quer aprovar casamento gay no país
 
Norodom Sihanouk
Norodom Sihanouk mantém uma página muito popular na internet
O rei do Camboja, Norodom Sihanouk, manifestou seu apoio ao casamento entre pessoas do mesmo sexo no país.

Depois de assistir a imagens na TV desses casamentos na cidade de San Francisco, nos Estados Unidos, o monarca de 81 anos decidiu divulgar sua opinião em uma mensagem colocada em sua página na internet, que é muito popular no Camboja.

A cidade de San Francisco concedeu mais de 2,8 mil licenças de casamento para casais homossexuais durante toda a semana, em meio ao crescente debate nos Estados Unidos sobre a permissão para esse tipo de união.

O rei afirmou que o Camboja, como ''uma democracia liberal'', deveria permitir ''o casamento entre dois homens... ou entre duas mulheres''. O monarca afirmou que respeita gays e lésbicas, acrescentando que eles gostam de pessoas do mesmo sexo porque Deus ama ''uma grande variedade de gostos''.

Sihanouk, que está em Pequim para tratamento médico, também afirmou em sua mensagem que travestis deveriam ''ser aceitos e bem tratados em nossa comunidade nacional''.

Essa visão liberal não é unanimidade no Camboja, mas o rei é muito reverenciado em todo o país.

Norodom Sihanouk é um monarca constitucional e não tem poderes executivos.

 
 
LINKS EXTERNOS
 
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade