BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 12 de abril, 2004 - 18h16 GMT (14h16 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Especialistas internacionais condenam proposta de muro em favelas no Rio
 
favela brasileira
Para especialistas, muro seria mais uma etapa do 'apartheid' social
O anúncio do governo do Rio de Janeiro de que pode construir um muro para cercar as favelas da Rocinha, do Vidigal e do Parque da Cidade foi criticado por especialistas em direitos humanos e desenvolvimento urbano.

O diretor do Programa de Direitos Humanos da Universidade de Harvard, James Cavallaro, compara a proposta à decisão do governo de Israel de construir um muro na Palestina.

"O que vamos ver é cada vez mais a segregação de quem tem dinheiro, quem mora no asfalto, quem é cidadão de verdade e os outros, os excluídos, os supostamente violentos que estão nos morros", disse Cavallaro.

"Infelizmente é uma situação de apartheid social. É uma situação que se vê no mundo, todos os dias se vê críticas duras a essa tentativa do governo israelense de colocar um muro na Palestina. Todo mundo sabe que não vai dar certo. É uma prática que simplesmente não funciona, porque não lida com o problema."

Respeito

Segundo Cavallaro, que também é diretor da ONG Justiça Global, é justamente essa mentalidade de separação, "de pensar que certos cidadãos têm mais direitos do que outros que levou à crise" atual.

Na sua avaliação, essa mentalidade permite invasões armadas nos morros e policiamento "civilizado" no asfalto.

"Ninguém está cogitando em entrar nos condomínios da Barra da Tijuca para arrombar as portas dos moradores lá para ver se tem armas, ou alguém traficando dinheiro, drogas ou qualquer outra coisa. Mesmo que se saiba que boa parte do tráfico tem base nas comunidades mais nobres, mas ninguém está fazendo esse tipo de proposta. Por que pensar em fazer esse tipo de policiamento nos morros?", questiona.

Ele argumenta que já existe um policiamento comunitário nas favelas de Pavão e Pavãozinho e Cantagalo, que trata os cidadãos com respeito a seus direitos e deveres e, por isso, nessas áreas não existe o mesmo nível de violência da Rocinha.

"O problema é social, é de policiamento. O que precisa é ter mais investimentos nas comunidades carentes e um policiamento eficiente que respeite o direito das pessoas", diz.

"Se tivesse esse tipo de policiamento, não teria esse nível de violência. É algo comprovado nas pesquisas que nós fazemos, que outros centros de pesquisa fazem, mas infelizmente não tão eficaz para os políticos que preferem esse tipo de ação bombástica para chamar a atenção, em vez de ter um policiamento sério, em vez de ter políticas públicas sérias."

Intenções

Para o professor Jorge Fiori, da Universidade College London, o projeto de construir muros nessas favelas do Rio contraria toda a política de integração.

“O muro é um absurdo, vai contra tudo o que se tem feito em termos de favela no Rio de Janeiro, contra projetos que buscam a integração e não o isolamento das favelas”, diz Fiori, que é especializado em desenvolvimento urbano.

“O muro não responde nem ao tema da expansão da favela, não é uma resposta para a questão ambiental e certamente não é uma resposta para a questão do narcotráfico. É uma resposta em um momento de pânico para esconder a incompetência das autoridades em tratar do tema da violência, do narcotráfico e da pobreza no Rio de Janeiro.”

Para Cláudia Pedra, diretora da Anistia Internacional em Portugal, a construção do muro, “por mais que seja bem intencionada, não resolverá o problema da Rocinha”.

“Toda a população trabalhadora e inocente será afetada. Por que punir as pessoas que não fizeram nada?”, comentou.

“Evidentemente a intenção do governo é bem intencionada mas nem sempre é a melhor para atingir esse fim.”

 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
 
 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade