BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 15 de abril, 2004 - 16h56 GMT (12h56 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Fita de Bin Laden é 'provavelmente' autêntica, diz CIA
 
Osama Bin Laden
Voz ouvida na gravação seria mesmo de Bin Laden
A CIA (agência de inteligência americana) afirmou que é provavelmente autêntica a fita em que o líder da rede extremista Al-Qaeda, Osama Bin Laden, propõe uma reconciliação com os países europeus que não atacarem muçulmanos.

Um alto funcionário da agência disse que uma análise técnica indicou que a voz ouvida na fita, transmitida pela emissora de televisão árabe Al-Arabiya nesta quinta-feira, é mesmo de Bin Laden.

Na gravação, Bin Laden descarta a possibilidade de uma trégua com os Estados Unidos.

A fita inclui também uma promessa de vingança contra Israel pela morte do líder espiritual do grupo militante Hamas, xeque Ahmed Yassin.

A voz na fita também faz referência aos atentados de 11 de março na capital espanhola, Madri, e aos eventos de 11 de setembro de 2001.

Iraque

O suposto Bin Laden diz que os ataques foram um pagamento pela ação dos Estados Unidos e da Espanha no Iraque, no Afeganistão e nos territórios palestinos.

"O que aconteceu em 11 de setembro e 11 de março são seus produtos devolvidos, para que vocês saibam que segurança é uma necessidade de todos", disse a voz masculina.

Também há críticas, na fita, à política americana por ignorar "o problema real", que é "a ocupação de toda a Palestina", noticiou a agência Associated Press.

O recente conflito liderado pelos Estados Unidos no Iraque é descrito como um esquema para ganhar dinheiro para empresas que fabricam armas ou se envolvem na reconstrução do país. É mencionada especificamente a companhia americana Halliburton, segundo a Associated Press.

Várias gravações supostamente de Osama Bin Laden vieram a público desde os ataques de 11 de setembro, atribuídos pelos Estados Unidos à rede Al-Qaeda.

A fita mais recente, transmitida em janeiro pela emissora de televisão árabe via satélite Al-Jazeera, condenou a ocupação no Iraque e atacou as nações árabes que apoiaram a guerra.

A CIA também confirmou a autenticidade da fita de janeiro.

 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
 
 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade