BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 20 de fevereiro, 2005 - 03h58 GMT (01h58 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Espanha faz referendo sobre Constituição da UE
 
Espanhóis fazem campanha pelo "sim" no referendo sobre a Constituição européia
Maioria deve votar 'sim', posição defendida por governo e oposição
Os espanhóis participam neste domingo de um referendo sobre a adoção de uma Constituição na União Européia (UE).

Os principais partidos da Espanha, tanto do governo quanto da oposição, são a favor da Constituição, e acredita-se que a maioria dos eleitores optará pelo "sim".

As autoridades temem que o comparecimento seja baixo – o primeiro-ministro José Luis Rodriguez Zapatero convocou a população a votar antes do encerramento da campanha na sexta-feira.

Ele disse que a atual Constituição é tão importante para a Espanha quanto aquela aprovada no país em 1978, quando a democracia foi restaurada após o fim da era de Francisco Franco no poder.

A votação tem caráter apenas consultivo – caberá oficialmente ao Parlamento espanhol ratificar o tratado que institui uma Constituição para a UE.

Novos membros

Todos os 25 países-membros da UE precisam ratificar a Constituição, redigida no ano passado, para que ela possa entrar em vigor.

O projeto de uma Carta para o bloco teve origem na necessidade de facilitar o processo de tomada de decisões após a entrada, em maio de 2004, de dez novos integrantes da Europa Central e Oriental.

Cerca de 35 milhões de espanhóis têm o direito de votar no referendo.

Segundo a correspondente da BBC em Madri Elinor Shields, o governo socialista de Zapatero espera que um forte apoio dos espanhóis à Constituição sirva como mensagem para influenciar os eleitores em outros países europeus.

Algumas pesquisas prevêem, porém, que o comparecimento às urnas seja de entre 40% e 50%.

O governo utilizou celebridades e astros do mundo esportivo para tentar combater a aparente apatia da população com relação ao pleito.

Poucos espanhóis dizem ter lido os 448 artigos da Constituição européia e, segundo uma pesquisa recente encomendada pelo governo, até 90% deles afirma saber muito pouco sobre o conteúdo do documento.

A Espanha entrou para a Comunidade Européia (precursora da UE) em 1986 e deve boa parte de sua recuperação econômica dos últimos anos ao dinheiro que o bloco destinou ao país.

 
 
Monte no Oregon, foto: Gary Braasch©Mudanças no clima
Fotos comparativas mostram aterações ambientais.
 
 
RobôEm vídeo
Robôs de nova geração caminham como humanos.
 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
 
 
LINKS EXTERNOS
 
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade