BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 11 de setembro, 2005 - 08h12 GMT (05h12 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Israel declara fim dos 38 anos de ocupação da Faixa de Gaza
 
Fronteira entre o Egito e a Faixa de Gaza
Tropas egípcias farão o controle da fronteira com Gaza
O governo de Israel declarou formalmente o fim de 38 anos da ocupação militar israelense da Faixa de Gaza.

Um comunicado divulgado neste domingo dá ordens para que todas as tropas que ainda estão no território se retirem.

O documento também pede a retirada das tropas israelenses posicionadas na fronteira de Gaza com o Egito, permitindo que as forças egípcias assumam o controle da região.

As decisões foram anunciadas em Jerusalém, depois que o gabinete israelense aprovou a medida por unanimidade.

Apesar disso, Israel cancelou uma cerimônia para marcar o fim da presença militar e a transferência de poder para a Autoridade Palestina, prevista para este domingo.

Líderes palestinos disseram que iriam boicotar o evento em protesto contra algumas questões que eles consideram ainda ter ficarado pendentes na negociação para a retirada.

Sinagogas

A rádio estatal de Israel anunciou que o governo resolveu não demolir 25 sinagogas que permanecem na Faixa de Gaza.

Segundo a correspondente da BBC em Jerusalém, Lucy Williamson, a questão era delicada.

Importantes rabinos fizeram um apelo para que os templos fossem mantidos intactos, argumentado que a sua destruição pelo Estado judaico seria um ato de profanação.

Mas os líderes que apoiavam a demolição diziam que ver as sinagogas serem destruídas por palestinos seria ainda pior.

Autoridades palestinas afirmaram que não serão capazes de proteger “símbolos da ocupação”, e tinham pedido a remoção dos templos.

Egito

No sábado, tropas do Egito começaram a ser posicionadas ao longo da fronteira entre o país e a Faixa de Gaza, como parte do plano de retirada israelense.

Há mais de uma semana, Egito e Israel haviam acertarado que 750 soldados egípcios assumiriam o controle da fronteira para tentar conter o suposto contrabando de armas por palestinos na região.

O trânsito de palestinos a partir da Faixa de Gaza para o Egito será proibido durante seis meses - uma medida que Israel diz ser temporária, mas que os palestinos temem ser definitiva.

A operação de retirada começou em agosto, quando Israel removeu todos os assentamentos judaicos que estavam na Faixa de Gaza.

Alguns colonos foram retirados à força.

A maioria das tropas israelenses deixou o território após a primeira fase da operação.

 
 
66Faixa de Gaza
Saiba mais sobre o plano de retirada israelense.
 
 
66Cisjordânia
Soldados de Israel começam retirada; veja fotos.
 
 
66Oriente Médio
Saiba mais sobre o conflito entre Israel e palestinos.
 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
 
 
LINKS EXTERNOS
 
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade