BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 28 de setembro, 2005 - 15h52 GMT (12h52 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Nove morrem em atentado suicida em Cabul
 
Cabul
Segurança em Cabul costuma ser forte
Pelo menos nove pessoas morreram e cerca de 20 outras ficaram feridas em um atentado a bomba suicida diante de uma base militar na capital do Afeganistão, Cabul, nesta quarta-feira, de acordo com o Ministério da Defesa do país.

Um homem, que se aproximou em uma motocicleta, detonou os explosivos que carregava no momento em que soldados entravam em um ônibus junto ao centro de treinamento.

Apesar de freqüentes no país, ataques suicidas são raros em Cabul, onde pessoas leais às autoridades do Talebã e outros militantes islâmicos estão se revoltando contra o governo.

O último atentado suicida na capital ocorreu em maio e matou três pessoas.

O ataque desta quarta-feira foi o primeiro incidente de violência no país desde as eleições parlamentares de 18 de setembro.

Tropas das Nações Unidas e a polícia afegã isolaram a área.

Mais cedo, agentes da inteligência afegã disseram que tinham informação de que um esquadrão suicida da Al-Qaeda - Fedayini Islam - estava no Afeganistão.

Mais de mil pessoas morreram em virtude da violência militante no país neste ano.

 
 
66No Japão
Lula gigante é fotografada em habitat natural; veja fotos.
 
 
66Em Londres
Galeria exibe Degas, Sickert e Toulouse-Lautrec; veja fotos.
 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
 
 
LINKS EXTERNOS
 
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade