70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 07 de abril, 2006 - 12h07 GMT (09h07 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Estrangeiros podem influir em eleições gerais na Itália
 
Prodi (esquerda) e Berlusconi
As eleições são consideradas um referendo da administração Berlusconi
Pela primeira vez, mais de três milhões de cidadãos italianos residentes no exterior vão poder votar nas eleições gerais do país marcadas para domingo e segunda-feira.

Analistas acreditam que os votos podem influenciar a disputa entre o atual premiê, Sílvio Berlusconi, e seu principal oponente, Romano Prodi, de centro-esquerda.

Uma lei aprovada em 2001 permite aos italianos no exterior não só votarem, mas também ser representados por senadores e parlamentares de quatro novas regiões eleitorais: América Latina, América do Norte e central, Europa e Ásia-África e Oceania.

O maior número de italianos vivendo no exterior fica na Alemanha. A Argentina, com 400 mil detentores de passaportes italianos, ocupa o segundo lugar.

Dona Marisa

Quase 900 mil italianos vivem na América Latina.

Prodi já havia declarado que a "América Latina está esquecida" na política externa italiana e que este seria a "oportunidade de estreitar relações".

Apesar da falta de referência concretas para a região na esfera diplomática, a Itália mantêm um forte vínculo econômico com países como o Brasil e a Argentina.

A primeira-dama, Marisa Letícia, bisneta de italianos, é uma das detentoras de passaporte italiano com direito a voto.

Ela foi usada pelo ex-premiê do país, Massimo D’Alema, nas críticas sobre o abuso na concessão de passaportes para os “oriundi” e para defender o direito de voto dos estrangeiros que moram e trabalham no país.

Há cerca de duas semanas, quando foram divulgadas as últimas pesquisas de intenção de voto antes das eleições, Prodi tinha uma vantagem de cinco pontos percentuais em relação a Berlusconi.

 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Economia da Itália está estagnada
16 março, 2006 | BBC Report
Procuradores pedem indiciamento de Berlusconi
10 de março, 2006 | Notícias
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade