BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 10 de julho, 2006 - 10h51 GMT (07h51 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Ex-presidente sérvio é julgado por conflito em Kosovo
 
Ex-presidente sérvio Milan Milutinovic
Milutinovic é acusado de perseguir albaneses em Kosovo
O ex-presidente sérvio Milan Milutinovic e outros cinco ex-membros do governo sérvio durante o conflito de Kosovo, em 1999, começaram a ser julgados no Tribunal Internacional de Crimes de Guerra, em Haia.

O procedimento dá continuidade aos trabalhos do tribunal, quatro meses após a morte do ex-presidente Slobodan Milosevic em sua cela, em meio a um processo semelhante.

Os seis ex-membros do governo sérvio são acusados de perseguir, assassinar e deportar milhares de albaneses que faziam parte da maioria étnica da província.

Para a correspondente da BBC em Haia, Geraldine Coughlan, o julgamento é central para estabelecer responsabilidades sobre os incidentes em Kosovo, já que a morte de Milosevic pôs termo ao seu processo.

Repressão

Em 1999, sob o comando de Milosevic, o governo sérvio intensificou suas ações para reprimir a população albanesa na província autônoma de Kosovo.

Com o surgimento do Exército pela Libertação de Kosovo (ELK) - em meados dos anos 90 - e dos ataques contra a polícia sérvia, o conflito se agravou.

A violência resultou na deportação forçada de “milhares e milhares” de albaneses, nas palavras do advogado de acusação, Thomas Hannis, assim como a destruição de seus locais sagrados.

Lentidão

O julgamento está programado para ser concluído até 2010, mas esses prazos já estão ameaçados, diz a correspondente da BBC.

A acusação afirmou que precisará de pelo menos um ano para submeter suas evidências, enquanto a defesa deve tardar pelo menos o mesmo tempo.

Junto com o ex-presidente Milutinovic, estão no banco dos réus o ex-premiê iugoslavo Nikola Sainovic, o ex-chefe do exército sérvio Dragoljub Ojdanic, e três outros acusados.

No dia 11 de março, o ex-presidente Slobodan Milosevic foi encontrado morto em sua cela, aparentemente por “causas naturais”, segundo o tribunal.

Milosevic era acusado de crimes de guerra, genocídio e crimes contra a humanidade pelo papel que teve liderando a Sérvia durante as guerras na Bósnia, na Croácia e no Kosovo.

 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Futuro do Kosovo começa a ser discutido em Viena
20 de fevereiro, 2006 | Notícias
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade