BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 06 de setembro, 2006 - 03h02 GMT (00h02 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Princesa Kiko dá à luz herdeiro do trono do Japão
 
Princesa Kiko e príncipe Akishino, do Japão, a caminho da maternidade
A princesa Kiko é casada com o príncipe Akishino e tem duas filhas
A princesa Kiko, do Japão, deu à luz um menino na manhã de quarta-feira (20h27 de terça-feira, horário de Brasília).

O menino, filho do príncipe Akishino, é o primeiro herdeiro masculino a nascer na família real japonesa em mais de 40 anos e será o terceiro na linha de sucessão ao trono japonês.

A princesa, de 39 anos, foi submetida a uma cesariana devido a complicações na gravidez.

O novo herdeiro nasceu pesando 2,558 quilos.

A princesa Kiko e o príncipe Akishino - segundo filho do imperador Akihito - já têm duas filhas, mas as meninas não podem ascender ao trono.

Regras de sucessão

Há atualmente um intenso debate sobre as regras de sucessão no Japão, onde mulheres não podem ocupar o trono.

O atual príncipe-herdeiro, Naruhito, e sua mulher, a princesa Masako, também têm uma filha.

A terceira filha do imperador Akihito, a princesa Sayako, é casada com um plebeu. Caso tivesse filhos, eles não poderiam ocupar o trono.

A gravidez da princesa Kiko atraiu enorme atenção no Japão.

Conservadores esperavam que ela desce à luz um menino para encerrar o debate sobre a sucessão.

Muitos acreditam que as regras deveriam ser mudadas para permitir às mulheres herdarem o título de imperatriz.

As reformas foram defendidas pelo primeiro-ministro japonês, Junichiro Koizumi, e parecem ter o apoio da população japonesa.

No entanto, com o anúncio da gravidez da princesa Kiko, os planos de reforma foram engavetados, diante da forte oposição do Palácio Real e de políticos.

A taxa de natalidade no Japão vem caindo nos últimos anos, e o governo tem se esforçado para persuadir as mulheres a terem mais filhos.

Empresas de produtos para bebês e para maternidade também esperam tirar proveito do nascimento do novo herdeiro.

Ações de empresas ligadas a produtos para bebês tiveram alta às vésperas do nascimento.

Em uma empresa de alimentos para bebês, as ações tiveram sua maior alta do ano na segunda-feira, segundo a agência de notícias Associated Press.

 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Nascimento de princesa gera debate no Japão
03 de dezembrojaneiro, 2001 | Notícias
LINKS EXTERNOS
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade