BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 29 de janeiro, 2007 - 08h13 GMT (06h13 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Australianos 'terão que beber esgoto reciclado'
 
Queensland
Esta é a pior estiagem da história da Austrália
A população do Estado australiano de Queensland vai começar em breve a beber água contendo esgoto reciclado, advertiu o líder do governo, Peter Beattie.

Ele disse que cancelou um referendo programado sobre o assunto, porque não existe mais uma alternativa.

Beattie também advertiu que outros Estados da Austrália terão, eventualmente, que fazer o mesmo.

O país vive atualmente a sua mais grave estiagem já registrada.

Na semana passada, o primeiro-ministro australiano, John Howard, declarou que a segurança do fornecimento de água é o maior desafio que a Austrália enfrenta, e anunciou um pacote no valor equivalente a US$ 7 bilhões para lidar com o problema.

Beattie, que é do principal partido de oposição ao governo, o Trabalhista, disse que a redução dos níveis de água deixou sua administração sem opção além da de introduzir água reciclada no sudeste de Queensland, começando no ano que vem.

"Sem chuva, nós não temos escolha", afirmou à rádio ABC.

"Estas são decisões desagradáveis, mas ou você bebe água ou morre. Não há escolha. É ouro líquido, é uma questão de vida ou morte", disse Beattie.

A prática de beber água reciclada - que já é empregada em países como Estados Unidos, Grã-Bretanha e Cingapura, não tem apoio amplo na Austrália.

Howard apoiou as declarações de Beattie, dizendo a uma emissora de rádio de Sydney: "Eu defendo a reciclagem há muito tempo (...) Eu sou fortemente favorável à reciclagem, Beattie está certo."

Mas Mike Rann, líder do governo da Austrália Meridional, e Morris Iemma, líder do governo de Nova Gales do Sul, rejeitaram o plano - e Rann descartou o uso de esgoto reciclado para qualquer uso exceto irrigação.

Malcolm Turnbull, o novo ministro para Meio Ambiente e Recursos Hídricos, pediu a outros Estados que tenham uma mente mais aberta sobre a questão.

"Não descarte a dessalinização porque é cara, ou a reciclagem porque soa nojenta, ou a construção de uma represa", disse Turnbull à mídia australiana.

"Coloque tudo na mesa, analise todos os custos econômicos, ambientais e financeiros e depois tome a decisão."

Sistema fluvial

Em antecipação a uma eleição no próximo ano, Howard e sua administração federal tem mostrado empenho na busca de soluções para problemas ambientais.

Howard anunciou na semana passada que o governo federal quer assumir o controle do sistema fluvial Murray-Darling - a fonte de água mais preciosa do país, responsável pela irrigação da maior parte das terras cultivadas da Austrália.

O plano controvertido seria a maior reforma do gerenciamento dos recursos hídricos da história do país.

Os quatro governos estaduais que o gerenciam são atualmente controlados pelo Partido Trabalhista, de oposição, que argumentou que as novas propostas representam um uso de poder "inaceitável" por parte do primeiro-ministro.

 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
LINKS EXTERNOS
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade