BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 02 de abril, 2007 - 22h29 GMT (19h29 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Supremo dos EUA decide que governo deve controlar CO2
 
Carros nos Estados Unidos
O governo Bush se opõe a impor restrições às emissões de CO2
A Suprema Corte dos Estados Unidos decidiu nesta segunda-feira que o governo americano deve controlar as emissões de gases poluentes de carros e caminhões.

Segundo o tribunal, o governo americano não ofereceu nenhuma "explicação racional" para sua recusa em controlar as emissões de CO2 e de outros gases nocivos produzidos por esses veículos e agora deve fazê-lo.

A Suprema Corte emitiu o parecer depois de ter recebido uma ação movida por 12 Estados americanos e 13 grupos de defesa do meio ambiente contra a Agência de Proteção Ambiental americana (EPA, na sigla em inglês), o órgão do governo responsável pelo controle da poluição.

Os autores da ação argumentaram que o governo americano tem o dever legal de restringir a emissão de gases que, como o CO2, colaboram para o aquecimento global.

Por sua vez, a EPA argumentava que uma lei de 1970 estabelecia que o órgão não tinha poderes para estabelecer limites à emissão de CO2 porque esse gás não era considerado um poluente.

Decisão apertada

Foi uma decisão apertada da Suprema Corte: cinco juízes votaram a favor do parecer e quatro votaram contra.

Segundo Vanessa Heaney, correspondente da BBC em Washington, a ação sofreu a oposição das montadoras de automóveis e dos Estados em que essa indústria é importante.

O parecer foi comemorado por grupos ambientalistas. O principal grupo do tipo nos Estados Unidos, o Sierra Club, disse que a decisão da Suprema Corte foi uma rejeição da recusa do governo americano de enfrentar os desafios do aquecimento global.

Para o governo, a possível redução das emissões poderia representar um impacto negativo sobre a economia do país.

Esse foi, por exemplo, o argumento usado pelo presidente americano, George W. Bush, para justificar sua recusa em aderir ao Protocolo de Kyoto, que prevê uma meta global para redução de poluentes que causam o efeito estufa.

Uma porta-voz da Casa Branca disse que o governo já vem tentando reduzir as emissões por meio da promoção do uso de biocombustíveis.

 
 
GloboEspecial
Veja as últimas informações sobre mudanças climáticas.
 
 
GráficoEm números
Gráficos trazem evolução das mudanças climáticas.
 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
UE concorda em reduzir emissões de CO2 em 20%
09 de março, 2007 | Ciência & Saúde
2007 deve ser o ano mais quente da história
04 de janeiro, 2007 | Ciência & Saúde
LINKS EXTERNOS
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade