BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 28 de junho, 2007 - 17h59 GMT (14h59 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Projeto de imigração de Bush sofre derrota no Senado
 
O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush
Com derrota, Bush pode não conseguir mais aprovar reforma
O Senado dos Estados Unidos decidiu nesta quinta-feira não limitar o debate sobre uma polêmica proposta de reforma das leis de imigração do país, resultado considerado uma derrota importante para o presidente George W. Bush.

Na votação no Senado, 46 parlamentares se disseram a favor de encerrar o debate e avançar para uma votação sobre o projeto, 14 a menos do que o necessário. Um total de 53 senadores votou contra a proposta.

Com a derrota, é improvável que os senadores votem a proposta antes das eleições presidenciais do ano que vem, quando será escolhido o sucessor de Bush.

O projeto, que poderia beneficiar os cerca de 12 milhões de imigrantes ilegais nos Estados Unidos, era considerado um dos principais pontos da agenda doméstica de Bush e aborda um tema que já domina a campanha presidencial.

"Anistia"

A proposta estabelecia que os imigrantes ilegais nos Estados Unidos pudessem solicitar um visto especial depois de pagar uma multa de US$ 5 mil e também dava aos imigrantes a possibilidade de obter residência no país, em um processo que poderia demorar vários anos.

Mas o projeto vinha enfrentando forte resistência no Congresso, especialmente de conservadores, que interpretam a reforma como uma anistia para pessoas que entraram ilegalmente no país.

Segundo o correspondente da BBC em Washington, James Coomarasamy, senadores da base de sustentação do governo podem tentar trazer o projeto de volta à pauta da casa.

No entanto, Coomarasamy avalia que a votação desta quinta-feira foi provavelmente a última tentativa séria de aprovar a proposta ainda durante o governo de Bush.

Nos últimos meses, milhares de pessoas, a maioria de origem latina, realizaram protestos no país para pressionar o governo a reformar as leis de imigração.

Na terça-feira, Bush havia dito que considerava o projeto uma "oportunidade histórica de o Congresso agir" para mudar "um sistema que não está funcionando".

 
 
Rudy GiulianiCaio Blinder
Apesar de Bush, nem tudo está perdido para os republicanos.
 
 
Insígnia da Polícia de Controle de Fronteiras dos EUAImigração
Número de brasileiros presos na fronteira dos EUA cai 95%.
 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
LINKS EXTERNOS
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade