BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 03 de julho, 2007 - 05h46 GMT (02h46 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Gafe leva ministro da Defesa do Japão a renunciar
 
Fumio Kyuma
Declarações de Kyuma enfureceram sobreviventes da 2ª Guerra Mundial
O ministro da Defesa do Japão, Fumio Kyuma, renunciou ao cargo em meio a uma polêmica sobre declarações que fez a respeito das bombas atômicas lançadas pelos Estados Unidos contra as cidades japonesas de Hiroshima e Nagasaki na Segunda Guerra Mundial.

No fim de semana, Kyuma disse que as bombas atômicas "não poderiam ter sido evitadas".

Mais tarde, o ministro se desculpou pelos comentários, que enfureceram sobreviventes e fizeram com que políticos de oposição pedissem sua demissão.

Eleições

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, repreendeu Kyuma nesta segunda-feira.

"O Japão é o único país que sofreu (o ataque de) uma bomba atômica. Nós precisamos sempre considerar e nos colocarmos na posição dos sobreviventes", disse Abe.

A aprovação do primeiro-ministro vem caindo nas pesquisas de opinião no momento em que seu partido se prepara para eleições nacionais para o parlamento no final do mês.

As bombas atômicas lançadas sobre Hiroshima e Nagasaki em 1945 mataram mais de 360 mil pessoas.

 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade