BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 23 de agosto, 2004 - 13h33 GMT (10h33 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Ladrões de 'O Grito' agiram de forma 'amadora'
 

 
 
Os ladrões foram fotografados carregando os quadros
Os ladrões foram fotografados carregando os quadros
A polícia da Noruega afirma que os homens que roubaram o famoso quadro O Grito, de Edvard Munch, agiram de forma "amadora" e deixaram muitas pistas.

Os dois homens pareciam não saber exatamente onde estavam pendurados os quadros. Além disso, eles se espatifaram contra uma porta de vidro ao entrar no museu e derrubaram as pinturas no chão duas vezes antes de escapar.

Um visitante do Museu Munch, em Oslo, tirou várias fotos dos homens mascarados e armados que praticaram o roubo em pleno horário de visitação na tarde do domingo.

As molduras das duas obras roubadas (eles levaram também o quadro Madonna) já foram encontradas, assim como o carro da fuga.

Tanto testemunhas como policiais manifestaram surpresa com a forma como se deu o roubo.

Estado de preservação

Funcionários do museu e especialistas em arte disseram estar preocupados com o estado de preservação de O Grito.

Isso porque ele não foi pintado sobre tela, mas sim sobre cartolina, e poderia não resistir ao ser retirado de sua moldura.

'O Grito', de Munch
Quadro não foi pintado sobre tela e pode ter sido danificado

Especialistas dizem que é impossível conseguir vender essas obras e que esperam agora um pedido de resgate.

O diretor do museu, Gunnar Sorensen, defendeu em entrevista à Radio 4 da BBC os mecanismo de segurança do local.

Um alarme sigiloso disparou logo que o roubo começou, disse Sorensen, e a polícia chegou em poucos minutos.

'Grave perda'

Segundo ele, trata-se de uma "grave perda", e talvez esta versão de O Grito "nunca mais seja vista".

Há três outras versões da pintura, uma das mais conhecidas do mundo.

Uma delas já foi roubada uma vez em Oslo em 1994 e recuperada meses mais tarde.

Seguradoras afirmaram que O Grito estava segurado para a eventualidade de ser danificado por fogo ou água, mas não para casos de roubo, por ser uma peça insubstituível.

Completado por Munch em 1893, O Grito já foi avaliado no mercado em algo em torno de US$ 60 milhões a US$ 75 milhões.

*Com informações da Radio 4, da BBC

 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
 
 
LINKS EXTERNOS
 
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade