BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 13 de janeiro, 2005 - 11h45 GMT (09h45 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Lucas Mendes: Torcida de Aço
 
Hoje eu ia falar mal do Atlético Mineiro, o Galo, meu maldito querido time. Já tentei abandoná-lo várias vezes e fracassei, mas o Galo quase nos abandonou ano passado. Mais uma derrota, e o time ia cocoricar na segunda divisão.

Tentei me apaixonar pelo futebol americano, mas também fracassei. Do ponto de vista tático, é um jogo muito mais inteligente do que o nosso futebol, só que não bate no coração.

Mesmo sem paixão, nesta época do ano assisto a vários jogos pela televisão. Os Jets, de Nova York, são time da minha simpatia, mas neste fim de semana só um milagre poderá salvá-los da eliminação e do ferro dos Steelers, de Pittsburg.

Os homens de aço ganharam 15 jogos e só perderam um nesta temporada. Saíram da longa fossa e lavaram a alma de Pittsburg.

Os Steelers pertecem à familia Rooney desde 1932 e tiveram seu auge na década de 70, quando ganhou quatro campeonatos nacionais.

Naquela época, a economia da cidade, que se considerava o centro industrial do universo, estava começando a desintegrar. A indústria do aço entrou em rápido declínio, e outras grandes empresas - Westinghouse, Rockwell International, Gulf Oil - aos poucos foram abandonando a cidade.

Os Steelers passaram por um longo período de fracassos, mas jamais abandonaram Pittsburg. E a fidelidade foi recíproca. Mesmo nos anos mais fracos, mais de 20 mil torcedores costumam viajar com o time para assistir aos jogos noutras cidades.

Quando vieram a Nova York em dezembro, o estádio parecia o deles, todo dourado.

Nos últimos 36 anos os Steelers só tiveram dois técnicos, e este ano um defensor veterano, Jerome Betis, de 32 anos, não só recusou um convite de outro time, como aceitou um corte de US$ 3,5 milhões no salário para continuar nos Steelers e na cidade.

E não se arrependeu. A carreira dele renasceu.

Qual jogador do Galo fez isto para ficar no time? Quantos técnicos duram cinco anos no mesmo time no Brasil? Se não me engano, só no ano passado o Atlético teve seis técnicos.

O fenômeno dos Steelers é Ben Roethlisberger, o quarter back, o armador e homem chave do time. É o primeiro ano dele como profissional, mas em Pittsburg o sanduíche mais popular da cidade leva o nome dele e custa US$ 7, o número da camisa.

É uma baguete com salsicha, carne moída, ovos, queijo e cebola frita. Só mesmo com estômago de aço.

 
 
Em preto e branco
Exposição revela a Nova York dos anos 40; veja fotos.
 
 
O Volkswagen Ragster, sucesso do fuscaEm imagens
Veja os lançamentos do salão do automóvel de Detroit, nos EUA.
 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
 
 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade