BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 20 de maio, 2005 - 10h27 GMT (07h27 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Tire suas dúvidas sobre células-tronco
 
Embrião
Apesar de possíveis benefícios, uso ainda é polêmico
As células-tronco são vistas como uma fonte de grande potencial para curar uma enorme variedade de doenças.

Cientistas em todo o mundo estão desenvolvendo novas técnicas para melhorar cada vez mais o uso dessas células.

Apesar disso, o seu uso ainda é polêmico.

A seguir, as respostas para algumas das principais dúvidas sobre o assunto.

O que são células-tronco?

Muitas células do corpo de um adulto servem a uma função específica que não pode ser mudada. Por exemplo, uma célula do fígado se desenvolve para exercer determinadas tarefas e não poderá ser modificada para passar a funcionar como uma célula do coração.

Com as células-tronco, a situação é diferente. Elas estão em um estágio inicial de desenvolvimento e mantêm seu potencial de se transformar em qualquer tipo de célula quando adulta.

Por que elas são úteis?

Quando uma célula-tronco se multiplica, cada nova célula tem potencial para ou manter-se como célula-tronco ou se tornar uma célula com função específica.

Os cientistas acreditam ser possível controlar essa habilidade para transformar células-tronco em um “kit super-reparador” para o corpo humano.

Teoricamente, deveria ser possível usar células-tronco para produzir tecidos saudáveis capazes de substituir um que tenha sofrido danos ou um trauma, ou ainda que esteja comprometido por uma doença.

Entre os males que a ciência espera tratar com as células-tronco estão doenças cardíacas, derrame, artrite, diabetes, os males de Parkinson e de Alzheimer, além de queimaduras e lesões na coluna vertebral.

Células-tronco também podem ser úteis para o teste de novos remédios e vacinas.

Os cientistas esperam ainda que o estudo dessas células um dia os ajude a entender como os tecidos do corpo se formam e como uma doença o invade.

Existem tipos diferentes de células-tronco?

Sim. Os cientistas acreditam que as mais úteis são aquelas que vêm do tecido de embriões. Isso porque, nesse estágio, elas são “pluripotentes”, ou seja, são capazes de se transformar praticamente em qualquer célula do corpo humano.

As células-tronco também podem ser encontradas em órgãos adultos. Nesse caso, elas ainda não foram “incumbidas” de uma função e têm o potencial de se tornar uma célula ultraespecializada daquele órgão.

O papel delas é manter aquele órgão saudável, consertando qualquer dano que ele sofra.

Os cientistas, no entanto, crêem que as células-tronco adultas têm um potencial mais limitado de transformação do que as embrionárias. Mas já foi comprovado que, mesmo assim, elas são relativamente “moldáveis”.

As células-tronco podem ser facilmente criadas em laboratório?

Um grande número de células embrionárias pode ser facilmente criado e cultivado em laboratório.

Entretanto, células adultas são raras e a ciência ainda está tentando descobrir como criar um número suficiente delas em laboratório.

Essa é uma diferença importante entre esses dois tipos de células-tronco, já que os tratamentos precisam de um grande número delas para dar certo.

Mas as células adultas apresentam uma grande vantagem, que é o fato de, em tese, ser possível extrair células-tronco de um paciente, multiplicá-las em laboratório, e depois transplantá-las de volta, sem medo de uma rejeição por parte do organismo.

Por que o uso de células-tronco é tão polêmico?

Principalmente por causa das células embrionárias. Normalmente, elas são retiradas de embriões criados em laboratório, que têm apenas quatro ou cinco dias de vida e são um pouco maiores que uma bola microscópica de células.

Opositores argumentam que todos os embriões, sejam eles criados em laboratório ou não, têm potencial para se tornar um ser humano, e que seria amoral usá-los em experiências.

As células-tronco são seguras?

Alguns pesquisadores temem ser possível que um tratamento com células-tronco permita, sem querer, a transmissão de virus e bactérias para as pessoas que receberem tecido transplantado.

Existe ainda uma preocupação com o fato de as células-tronco hoje serem alimentadas com nutrientes de origem animal, que poderiam abrigar doenças.

Alguns cientistas já afirmaram também existe uma possibilidade de as células-tronco se tornarem cancerígenas.

 
 
66Guerra nas Estrelas
Fãs fantasiados fazem a festa nas estréias em cinemas dos EUA.
 
 
66Londres
Jogadores de futebol mostram seu talento como fotógrafos.
 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
 
 
LINKS EXTERNOS
 
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade