BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 28 de outubro, 2005 - 06h46 GMT (03h46 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Chá para 582 mil pessoas, please
 
Ivan Lessa
Cadê os 208 mil britânicos que estavam aqui ainda agorinha mesmo em 2004?

Sumiram como por encanto. Passe de mágica de Harry Potter. Ocorre-me a possibilidade de que tenha sido "autolimpeza étnica". Assim como quem vai até o tintureiro da esquina e vai ficando.

Os britânicos são bons de detetives. Pensem em Sherlock Holmes, Hercule Poirot, Miss Marple e tanta gente mais. Quase que uns 208 mil detetives, eu diria.

Como descobrir o paradeiro dos 208 mil britânicos que, até o ano passado, cercavam-me por todos os lados, sem fazer pressão. Terá baixado neles a síndrome das Armas de Destruição em Massa, essas que sumiram todas antes, durante e depois da invasão, ocupação e, finalmente, constituição do – rá! – "novo Iraque"?

Eu morro de saudades de meus (sou possessivo) 208 mil britânicos que, sei lá, sumiram, gato comeu, disco voador seqüestrou, um mistério desses.

Nós não tínhamos muita intimidade, eu e os 208 mil britânicos, mas gostávamos, creio, de nos sabermos por aí, às voltas com as reinações do tempo e de Tony Blair e os eternos vexames das várias seleções das ilhas. Um dia, acordei e tinha sumido tudo.

Esse meu estado de espírito até segunda-feira. Felizmente veio o equivalente ao instituto nacional de estatísticas que, em um dos 130 mil relatórios e pesquisas divulgados pela semana, me informou a mim e aos outros 60 milhões de habitantes da Grã-Bretanha, que, em 2004, 208 mil cidadãos britânicos deixaram o país, não se sabe se acenando ou não com um lenço branco na mão, procurando vida nova em país dos arredores, quase que se pode dizer do bairro: Espanha, sul da França, Itália, por aí, ou melhor, por lá.

Sentirei saudades. As coisas não serão as mesmas sem os 208 mil.

O instituto de estatísticas, talvez para não deixar as pessoas acabrunhadas, feito eu, revela quase que batendo no peito de alegria que, no mesmo período de tempo, de 2004 para cá, 582 mil pessoas assentaram sua barraca nestas plagas, e que, pela primeira vez na história destas ilhas, a população ultrapassará ainda este ano 60 milhões de… gente, para encurtar a história.

Bem vindas, 582 mil pessoas. Precisamos nos encontrar um dia desses e tomar um chá. Ou chopinho. Vocês, que não sei direito de onde vêm, é que sabem e escolhem.

 
 
66Arquivo - Ivan
Leia as colunas anteriores escritas por Ivan Lessa.
 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
À bala é melhor
26 outubro, 2005 | BBC Report
Ivan Lessa: Blogueiros de Deus
24 outubro, 2005 | BBC Report
Exemplos exemplares
21 outubro, 2005 | BBC Report
Informática engorda
19 outubro, 2005 | BBC Report
Basta de Bonds
17 outubro, 2005 | BBC Report
A vingança de Mr. Bean
14 outubro, 2005 | BBC Report
Jingobelização precoce
12 outubro, 2005 | BBC Report
Prêmio Probel
10 outubro, 2005 | BBC Report
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade