70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 01 de janeiro, 2006 - 17h28 GMT (15h28 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Rússia assume presidência rotativa do G8
 

 
 
Vladimir Putin, presidente da Rússia
Putin quer recuperar prestígio da Rússia durante mandato
A Rússia assumiu a presidência rotativa do G8 (grupo dos sete países mais industrializados do mundo e a Rússia) pela primeira vez.

O posto dará ao presidente Vladimir Putin a oportunidade de dar ênfase ao papel da Rússia no cenário internacional.

Porém, alguns críticos dizem que a Rússia não é um país preparado para liderar o grupo.

O fornecimento global de energia deve ser um assunto importante de discussão, com a Rússia tentando demonstrar a importância de suas reservas de petróleo e gás.

Putin vai querer enfatizar aos membros do G8, como Estados Unidos, Japão e Alemanha, que suas economias podem ser maiores do que a da Rússia, mas que eles precisam de seu país por não ter petróleo e gás suficientes para mantê-los abastecidos nos próximos anos.

Putin elegeu a restauração do prestígio da Rússia a principal questão de sua presidência.

Muitos russos continuam amargando a perda de influência do país após o colapso da União Soviética. Agora Putin será capaz de dizer que a Rússia está de volta, e com um verdadeiro poder de decisão sobre a mesa.

Críticas

Putin também irá pressionar por cooperação contra o terrorismo. E enquanto o primeiro-ministro britânico Tony Blair colocou o desenvolvimento na África no centro das discussões quando ocupou a presidência do G8, Putin dirá que deve-se priorizar também a pobreza nos ex-países soviéticos.

Porém, a presidência da Rússia também enfrentará críticas. Alguns senadores dos Estados Unidos afirmaram que a Rússia não deveria ser um integrante do que é um clube de democracias desenvolvidas, muito menos ser permitida a liderar a organização.

Originariamente, a Rússia foi admitida no grupo como um observador para ser encorajada a fazer reformas em sua economia e desenvolver-se democraticamente.

Mas a Rússia ainda não é uma das economias dominantes do planeta. E Putin tem sido criticado por processar adversários políticos, ser severo com a mídia e tolerar abusos dos direitos humanos por seu Exército na Chechênia.

Ele apoiou regimes repressivos como o do Uzbequistão e continua ajudando o Irã a desenvolver energia nuclear.

Portanto, o período da Rússia na presidência do G8 irá aumentar o prestígio russo, mas aumentará também a discussão de assuntos desagradáveis.

 
 
Indiano maquiado para a festa de Ano NovoRéveillon
Veja fotos dos fogos e da festa de chegada do Ano Novo.
 
 
O ator Richard Pryor, que morreu neste anoSaudade
Papa e Richard Pryor morreram em 2005; confira outros.
 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
LINKS EXTERNOS
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade