70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 03 de janeiro, 2006 - 17h56 GMT (15h56 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Trabalhar duro pode ser a chave para a felicidade, dizem cientistas
 
Sorriso
Relacionamentos também são antídotos contra depressão
Pesquisadores da Universidade de Gotemburgo, na Suécia, estão realizando um estudo em que está ficando claro que trabalhar duro pode ser uma das chaves da felicidade.

A pesquisa, que deve ser divulgada na íntegra nos próximos meses, está sendo feita por meio da análise de dados já publicados sobre o que faz as pessoas ficarem felizes.

A equipe de cientistas também está estudando centenas de entrevistas sobre o tema, realizadas em todo o mundo.

Os dados indicam que trabalhar para atingir um objetivo pode proporcionar mais prazer do que alcançar o objetivo em questão, embora os estudiosos acreditem que manter bons relacionamentos seja também um importante fator na busca da satisfação pessoal.

Ganhar na loteria ou conquistar um objetivo também proporcionariam felicidade, mas temporária.

Atividade

O chefe da equipe de pesquisa da Universidade de Gotemburgo, Bengt Bruelde, disse que está claro que "o importante é continuar ativo". Isso porque, entre os entrevistados, foram os mais ativos os que demonstraram mais satisfação.

"É tentador pensar em relaxar na praia, mas se você faz isto por muito tempo, a praia deixa de dar tanto prazer", afirmou Bruelde.

  O trabalho tem que utilizar a capacidade da pessoa ou pode se tornar desmoralizante
 
Avril Leimon, Sociedade Britânica de Psicologia

Avril Leimon, da Sociedade de Psicologia Britânica, acha que "trabalho duro traz satisfação, mas somente se ele se adapta a você".

"O trabalho tem que utilizar a capacidade da pessoa ou pode se tornar desmoralizante", alerta Seimon, que ressalta que se a pessoa sente que seus pontos fortes estão sendo bem utilizados, a satisfação resultante pode nem estar ligada às recompensas.

Relacionamentos também teriam um impacto significativo: "Relacionamentos fortes quer sejam eles familiares, na igreja, entre amigos ou no trabalho podem funcionar como uma vacina contra a depressão", conclui Leimon.

 
 
O corpo humanoArte e ciência
Britânicos querem criar 'mapa sonoro' do corpo humano.
 
 
A Acrópole de AtenasNovas Maravilhas
Conheça alguns dos concorrentes à nova versão da lista.
 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Psicólogos britânicos elaboram a equação da felicidade
06 de janeiro, 2003 | Ciência & Saúde
Ter amigos pobres traz felicidade, diz pesquisa
15 de agosto, 2005 | Ciência & Saúde
LINKS EXTERNOS
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade