70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 29 de março, 2006 - 11h47 GMT (08h47 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Agência Espacial atrapalhou, diz médico de Pontes
 

 
 
Luiz Cláudio Lutiis, médico que faz o acompanhamento da saúde do cosmonauta brasileiro, Marcos Pontes
Lutiis: Sem ajuda americana, brasileiros não teriam comunicação
O médico da Aeronáutica Luiz Cláudio Lutiis, que faz o acompanhamento da saúde do cosmonauta brasileiro, Marcos Pontes, afirmou nesta quarta-feira que a direção da Agência Espacial Brasileira (AEB) "não ajudou no que deveria e atrapalhou no que podia" na preparação do primeiro vôo para o espaço de um astronauta brasileiro.

"Se ele (Marcos Pontes) tivesse deixado as autoridades tomarem conta do programa e propiciarem a possibilidade do vôo, estaria esperando até hoje. Talvez nem treinamento tivesse feito. Infelizmente, isso é um fato", desabafou Lutiis à BBC Brasil.

"O astronauta está pronto para decolar. Apesar da AEB. As direções da agência de um modo geral não estavam nem um pouquinho preocupadas com a possibilidade de ter um astronauta", disse Lutiis, eximindo os diretores da área científica de responsabilidade.

As críticas do médico da Força Aérea Brasileira à direção da AEB não ficaram só nos preparativos para o histórico vôo de Marcos Pontes na Soyuz TMA-8.

'Isolado'

Lutiis afirmou que sem a ajuda da Nasa "estaria isolado do mundo" na base de Baikonur, no Cazaquistão.

"Nós só estamos conseguindo manter um contato decente via internet graças à colaboração da Nasa. Isso aí é o descompasso. Não é culpa dos russos, não. É que não foi solicitado a eles e de última hora eles não vão fazer mesmo", disse o tenente-coronel médico.

Para comunicar-se com o Brasil, Lutiis afirma estar usando o escritório da Nasa em Baikonur, que fica sob controle total dos americanos. Segundo ele, para ter acesso a equipamentos russos os pedidos teriam que ter sido feitos com antecedência.

"De última hora eles não vão fazer mesmo, eles não fazem. Tem muita burocracia, os russos querem com antecedência listas de nomes e passaportes para liberar qualquer coisa."

 
 
Pedaço de painel com imagem de Marcos PontesPara História
Brasileiro entrou para galeria do Museu Gagarin; veja fotos.
 
 
(foto: Eric Brücher Camara)Brasil no espaço
Veja fotos do foguete que vai levar astronauta brasileiro.
 
 
Ferro-velho
Base no Cazaquistão acumula 50 anos de entulho espacial.
 
 
Marcos PontesPanorama BBC
Mande sua pergunta sobre o programa espacial brasileiro.
 
 
Ivan Lessa
Colunista fala sobre o nosso primeiro astronauta.
 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Astronauta brasileiro segue para o Cazaquistão
18 de março, 2006 | Ciência & Saúde
Astronauta do Brasil é aprovado com 'notas excelentes'
14 de março, 2006 | Ciência & Saúde
LINKS EXTERNOS
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade