BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 25 de agosto, 2006 - 12h31 GMT (09h31 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Droga contra Aids pode evitar câncer cervical
 
HIV
Idealmente, um tratamento teria como alvo apenas as células T
Cientistas da Universidade de Manchester, na Grã-Bretanha, acreditam ter descoberto um novo efeito para um remédio usado no combate ao vírus HIV: a prevenção do câncer cervical, uma doença também viral.

Os testes iniciais, publicados na revista especializada Antiviral Therapy indicam que a droga lopinavir ataca também, além do HIV, o vírus HPV, que provoca essa variante de câncer.

Se a pesquisa for confirmada em humanos, os especialistas acreditam ser possível criar uma pomada que seria aplicada sobre a coluna a partir do remédio que hoje é tomado por via oral.

A nova droga beneficiaria milhares de pessoas que são obrigadas a realizar cirurgias para remover tumores.

Já existem drogas contra o câncer cervical em desenvolvimento, mas elas só serão eficazes no combate ao vírus HPV, não à prevenção.

Aguardo

Mulheres que já são portadoras desse vírus precisam ser testadas regularmente para evitar o desenvolvimento do câncer. Se forem encontrados sinais de um possível tumor, os médicos aconselham uma postura de aguardo, já que muitas vezes eles desaparecem sozinhos.

Como a droga já foi testada e aprovada para o combate ao HIV, os especialistas de Manchester acreditam que o novo remédio contra câncer cervical possa chegar ao mercado em poucos anos.

Para Michael Carter, representante da organização não-governamental Aidsmap, a descoberta é muito animadora.

"A perspectiva de um tratamento simples, não-cirúrgico para o HPV é muito entusiasmante. No entanto, precisamos aguardar o resultado dos testes em pessoas", disse Carter.

O estudo utilizou apenas pequenas doses de lopinavir em laboratório, e ficou provado que o inibidor matou seletivamente as células infectadas pelo HPV.

 
 
Genérico de anti-retroviralBrasil
Programa para a Aids é insustentável, dizem especialistas.
 
 
Indiana soropositivaAids no mundo
Nº de infecções por HIV pode ter se estabilizado, diz ONU.
 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
ONU: África do Sul 'é negligente' no combate à Aids
19 de agosto, 2006 | Ciência & Saúde
LINKS EXTERNOS
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade