BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 04 de setembro, 2006 - 12h01 GMT (09h01 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Austrália: 'Caçador de crocodilos' morre em filmagem
 
O apresentador Steve Irwin
Apresentador ficou conhecido por se colocar em situações de risco
O naturalista e apresentador de televisão australiano Steve Irwin, de 44 anos, morreu nesta segunda-feira durante a produção de um documentário sobre animais marinhos.

Ele foi aferroado por uma raia-prego (que é encontrada no litoral brasileiro) enquanto participava de filmagens na Grande Barreira de Corais, que fica na região nordeste do país. Uma equipe de resgate foi chamada pelos colegas de Irwin, mas ele acabou sendo declarado morto antes de chegar ao hospital.

O australiano ficou famoso por seus programas de TV nos quais, muitas vezes, interagia com animais perigosos, como crocodilos, aranhas e cobras venenosas.

No Brasil ele podia ser visto no canal a cabo Animal Planet, no qual apresentava uma série de programas, como o Caçador de Crocodilos, Croc Diaries e Veterinários de Ponta.

Caso raro

Irwin herdou de seu pai um pequeno parque de animais na Austrália que ele acabou transformando no Austrália Zoo, famoso mundialmente por causa dos programas e apresentações feitas por ele no local.

Entre as atrações mais populares, e por vezes polêmicas, estava a alimentação de crocodilos pelo próprio Irwin dentro dos viveiros.

Em 2004, ele criou um grande debate na Austrália ao fazer uma dessas apresentações carregando no colo seu filho de um mês de idade. Ele foi acusado de negligência e de colocar seu filho em risco, o que apresentador ridicularizou na época.

A morte de uma pessoa por ferroada de raia é tida como uma ocorrência rara. Na Austrália exista apenas um outro caso de morte por ataque de raia registrado, em 1945.

O apresentador teria sido atingido na região do peito do lado do coração e teria morrido de ataque cardíaco.

Embora as raias tenham ferrões venenosos, especialistas acreditam que ele teria morrido por causa do ferimento em si e não por causa do veneno, que raramente é fatal para humanos.

O ferrão pode chegar a 20 centímetros de comprimento.

 
 
Luto na Austrália
Veja fotos do 'caçador de crocodilos'.
 
 
ElefanteExposição
Os maus-tratos contra animais.
 
 
Arraia jamanta, encontrada no Brasil, faz parte da listaEm extinção
Veja algumas das espécies ameaçadas.
 
 
Câmera animal - águia com nova microcâmerasCâmera animal
Veja as novas microcâmeras usadas para filmar animais.
 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Truque com bebê e crocodilo gera polêmica na Austrália
02 de janeiro, 2004 | Cultura & Entretenimento
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade