BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 15 de dezembro, 2006 - 15h25 GMT (13h25 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Crianças de QI alto 'têm mais tendência ao vegetarianismo'
 
Vegetais
O vegetarianismo é ligado com uma vida mais saudável
Crianças inteligentes são mais propensas a virarem vegetarianas na fase adulta, diz um estudo divulgado na publicação britânica científica British Medical Journal.

Uma equipe da Universidade de Southampton descobriu que entrevistados vegetarianos na faixa dos 30 anos de idade haviam apresentado, em média, cinco pontos a mais no teste de QI feito quando tinham 10 anos do que os não-vegetarianos.

Os cientistas dizem que essa ligação pode explicar porque pessoas de QI mais alto são mais saudáveis, tendo em vista a associação de dieta vegetariana com índices baixos de obesidade e doenças cardíacas.

Dos 8.179 pesquisados, 366 se disseram vegetarianos.

Em testes realizados em 1970, os que hoje são vegetarianos apresentaram uma média de QI de 106, comparado com a média de 101 dos não-vegetarianos.

As médias, entre as mulheres, foram de 104 (vegetarianas) e 99 (não vegetarianas).

Estilos de vida

Os pesquisadores disseram que não foi registrada diferença na média de QI entre os vegetarianos que comem também carnes brancas e os que não as consomem.

Eles disseram que as conclusões se devem em parte a fatores culturais, como uma melhor educação, mas que ainda assim as estatísticas são relevantes.

"A descoberta de que crianças mais inteligentes têm uma tendência maior a se tornarem vegetarianas, em conjunto com evidência de benefícios potenciais de uma dieta vegetariana, pode explicar porque um QI maior na infância é relacionado com um risco reduzido de doenças cardíacas na vida adulta", disse Catherine Gale, da equipe de pesquisadores.

Ela reconhece, entretanto, que a ligação pode ser apenas relacionada com estilos de vidas diferentes, como a escolha de jornais, por exemplo.

Já o Dr. Frankie Phillips, da British Dietetic Association (Associação Dietética Britânica), disse : "É como a história do ovo e da galinha. As pessoas viram vegetarianas porque tem QI alto ou porque são mais atentas à questões ligadas à saúde?".

 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Carne vermelha dobra risco de câncer de mama, diz estudo
14 de novembro, 2006 | Ciência & Saúde
Dieta rica em carne pode estressar bebê, diz estudo
03 de abril, 2006 | Ciência & Saúde
Carne vermelha pode danificar DNA, diz estudo
01 fevereiro, 2006 | BBC Report
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade