BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às:
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Engano 'apaga' mural do artista Banksy em Bristol
 
Mural de Banksy antes de ser coberto
Este mural do começo da carreira de Banksy era valioso
Um grande mural do "artista guerrilheiro" Banksy foi coberto de tinta por funcionários contratados pela prefeitura da cidade britânica de Bristol para lidar com pichação.

O trabalho artístico, com pouco mais de 7 metros de comprimento e que ficava em um muro ao lado de oficinas na cidade, foi coberto com uma grossa camada de tinta preta.

O conselho municipal de Bristol disse que quer que o erro seja investigado e determinou a preservação de todas as obras de Banksy na cidade.

Alguém pichou as palavras "wot no Banksy?" (que poderia ser traduzido como "o quê, cadê o Banksy?") por cima da tinta preta.

'Pichação errada'

O mural, um dos primeiros trabalhos de Bansky, apresentava uma coleção de formas azuis, com o traço que é sua marca registrada.

Há outras pichações dele em uma ponte ferroviária na mesma cidade.

Mural de Banksy coberto de tinta preta
Alguém escreveu: 'O quê, cadê o Banksy?' no local em que a pintura do artista estava

Gary Hopkins, do conselho municipal de Bristol, disse que os funcionários da empresa contratada, Nordic, receberam a incumbência de apagar uma pichação ao lado da obra de Banksy, mas se enganaram e cobriram os traços do artista.

"Nós teremos que tomar providências contra a empresa, porque o conselho municipal não deu instruções para a remoção de nenhum trabalho de Banksy. Estamos cientes de que ele é bastante valioso e temos instruções específicas para que nenhum mural de Banksy seja removido", afirmou.

A Nordic e o artista não se pronunciaram sobre o assunto.

Algumas das obras de Bansky alcançaram preços altos entre colecionadores.

Em fevereiro, uma imagem de aposentados jogando boliche com bombas foi vendida pelo equivalente a quase US$ 200 mil, um recorde para o artista.

Mas a galeria Lazarides, em Londres, que vende seu trabalho, disse que seria um erro colocar um preço no antigo mural de Bristol pois isto poderia ser uma tentação para pessoas que poderiam removê-lo.

Não se sabe a identidade de Banksy. Ele não costuma dar entrevistas e fez da contravenção uma constante em seu trabalho, sempre provocativo.

No passado ele trocou 500 CDs da cantora Paris Hilton por cópias adulteradas em lojas de Londres, e pôs no parque de diversões Disney uma estátua-réplica de um prisioneiro de Guantánamo.

 
 
Banksy
Artista 'secreto' expõe nos EUA
 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Elefante colorido causa furor em exposição nos EUA
19 de setembro, 2006 | Cultura & Entretenimento
Artista plástico coloca na Disney réplica de preso de Guantánamo
11 de setembro, 2006 | Cultura & Entretenimento
Artista de trotes adultera CDs de Paris Hilton
04 de setembro, 2006 | Cultura & Entretenimento
LINKS EXTERNOS
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade