BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 04 de maio, 2007 - 15h59 GMT (12h59 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Exército russo voltará a usar bandeira comunista
 
Bandeiras soviéticas em recente manifestação na Rússia
Bandeiras soviéticas têm sido levadas em manifestações recentes
A Câmara Superior do Parlamento da Rússia votou a favor da volta da foice e do martelo à Bandeira da Vitória, a bandeira oficial do Exército russo.

Os símbolos soviéticos foram removidos há dez anos ainda no governo de Boris Yeltsin.

Mas, em meio à nostalgia pelo período soviético, a decisão de restaurar a foice e o martelo foi aprovada no país.

Já no desfile da próxima semana em Moscou, em homenagem à vitória na Segunda Guerra Mundial, os russos vão novamente ter a versão soviética da Bandeira da Vitória, segundo o analista de política russa da BBC, Steven Eke.

Segunda Guerra

A bandeira vermelha, junto com a foice e o martelo e uma estrela branca, foram erguidas no Parlamento da Alemanha nazista no dia 2 de maio de 1945.

Soldado ergue bandeira soviética na Alemanha em 1945
Soldado ergue bandeira soviética na Alemanha em 1945

Milhões de pessoas no mundo todo conhecem a fotografia. Mas na Rússia, o significado da bandeira é mais profundo, diz Eke.

A vitória soviética contra o fascismo na Segunda Guerra Mundial permanece como um fato de significado quase religioso.

Existe uma feroz oposição na Rússia - nos níveis político e popular - ao questionamento do papel da União Soviética na derrota da Alemanha nazista.

Algo que ajuda a explicar a reação furiosa à recente mudança de lugar de um monumento de guerra da era soviética na Estônia.

Depois do voto, o chefe do comitê parlamentar de nacionalismo disse que a Bandeira da Vitória era um dos poucos símbolos que continuam a unir todos os russos.

Retirar a foice e o martelo, segundo ele, prejudicou as fundações da Rússia moderna.

Mas também existe, segundo Eke, nostalgia pela União Soviética.

O presidente Vladimir Putin descreveu o colapso do bloco comunista como "um dos maiores desastres geopolíticos do século vinte".

Nos últimos anos o hino nacional da era soviética tem sido novamente cantado - mas com a letra diferente.

Muitas estátuas e monumentos da época foram retirados dos depósitos.

Segundo Eke, autoridades e a imprensa descrevem o período soviético não apenas como uma época de repressão, campos de trabalho forçado e filas para comprar alimentos, mas como uma época de vitórias, progressos e orgulho.

 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
LINKS EXTERNOS
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade