BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 07 de maio, 2007 - 12h45 GMT (09h45 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Casais ricos 'burlam lei do filho único' na China
 
Família na China
China teme explosão da taxa de natalidade
Autoridades chinesas alertaram que muitos casais de novos-ricos estão burlando a lei que restringe o número de filhos, o que pode resultar em uma explosão da taxa de natalidade.

De acordo com a agência de notícias estatal Xinhua, os casais ricos têm dinheiro suficiente para pagar a multa para os filhos extras, que pode chegar ao máximo equivalente a R$ 50 mil.

A China tem 1,3 bilhão de pessoas, 20% do total mundial. Para conter o crescimento populacional, o país criou nos anos 70 uma lei que determina que casais urbanos só podem ter um filho, enquanto aqueles que vivem na zona rural podem ter duas crianças.

No mês passado, uma pesquisa da Comissão Nacional de População e Planejamento Familiar descobriu que quase 10% dos ricos e famosos da China têm três filhos.

Campo

Mas não é apenas na zona urbana que a lei de controle da natalidade está sendo ignorada.

A Constituição chinesa estimula a população a se casar e procriar mais tarde na vida. Homens são autorizados a se casar a partir dos 22 anos, e mulheres, a partir dos 20.

Mas de acordo com Shang Weiqing, da Comissão Nacional de População e Planejamento Familiar, "os casamentos entre jovens continuam prevalecendo em algumas partes do país, especialmente nas áreas rurais, o que vai contra a política de planejamento familiar".

Parte da razão pela qual famílias no campo se recusam a obedecer a lei é o desejo de ter filhos homens.

Especialistas dizem que essa preferência também leva os pais a não registrarem as meninas, e aumenta casos de aborto e infanticídio de bebês do sexo feminino.

No final de 2006, os homens eram 51,5% da população chinesa.

 
 
Artigos com motivos de porco são vendidos no paísFortuna
Porco pode trazer 'baby boom' em novo ano chinês.
 
 
Garçons de um restaurante em Chongguan, China. © fotoe.comFotografia
Mostra de fotos revela contrastes da China contemporânea.
 
 
Brinquedo chinês da década de 60'Revolucionários'
Museu expõe brinquedos da China.
 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade