BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 30 de maio, 2007 - 18h37 GMT (15h37 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Dunga: 'Copa América é mais difícil que Copa do Mundo'
 

 
 
Dunga
Dunga precisa definir até o dia 6 os 22 que irão para Copa América
O técnico da Seleção brasileira, Dunga, prevê grandes dificuldades para a próxima Copa América, que será disputada na Venezuela entre os dias 26 de junho e 15 de julho.

"A Copa América é mais difícil do que Copa do Mundo", disse Dunga, nesta quarta-feira, ao chegar em Londres. Na sexta-feira, o Brasil joga um amistoso contra a Inglaterra.

"Existe toda a rivalidade sul-americana, todos querem ganhar do Brasil. Além disso, existe pouco tempo para trabalhar."

No sábado, a Seleção brasileira segue para Dortmund, na Alemanha, onde jogará na quinta-feira um amistoso contra a seleção da Turquia.

Perguntado se estes jogos amistosos seriam um laboratório para as eliminatórias da próxima Copa do Mundo, o técnico negou.

"Eliminatória é outro campeonato."

'Vibração'

Esta será a primeira vez desde que assumiu o comando da seleção, após a Copa de 2006, que o técnico gaúcho terá um período maior para trabalhar junto com o elenco da Seleção.

Mesmo assim, Dunga diz acreditar que o time tem a sua cara desde a primeira partida amistosa.

"A filosofia sempre foi essa. Se não estivermos bem tecnicamente, temos que nos superar pela vibração."

Dunga anunciou na semana passada uma lista de 34 jogadores pré-convocados para a Copa América. No dia 6 de junho, ele precisa apresentar a lista de apenas 22 nomes que serão inscritos para disputar a Copa América na Venezuela.

Os 34 de Dunga
Goleiros: Diego (Atlético-MG), Doni (Roma) e Helton (Porto)
Zagueiros: Alex Silva (São Paulo), Alex (PSV Eindhoven), Edu Dracena (Fenerbahce), Juan (Bayer Leverkusen), Naldo (Werder Bremen), Tiago Silva (Fluminense), Cicinho (Real Madrid), Daniel Alves (Sevilha), Gilberto (Hertha Berlin), Kleber (Santos), Maicon (Inter de Milão) e Marcelo (Real Madrid).
Meias: Diego (Werder Bremen), Edmílson (Barcelona), Elano (Shakhtar Donetsk), Fernando (Burdeos), Gilberto Silva (Arsenal), Julio Baptista (Arsenal), Lincoln (Schalke 04), Mineiro (Hertha Berlin), Morais (Vasco), Josué (São Paulo) e Zé Roberto (Santos).
Atacantes: Afonso (Heerenveen), Carlos Eduardo (Grêmio), Fred (Olympique de Lyon), Jô (CSKA), Rafael Sóbis (Real Betis), Robinho (Real Madrid), Vágner Love (CSKA) e Anderson (Porto).

A maior parte dos jogadores será testada nos amistosos contra Inglaterra e Turquia. Outros - como Carlos Eduardo, do Grêmio, e Kleber e Zé Roberto, do Santos - não jogam os amistosos pois ainda disputam a Libertadores.

O técnico reconhece que usar apenas dois jogos para decidir sobre a dispensa de 12 jogadores não é ideal, mas afirma, filosófico, "na vida, nada é ideal".

"Esta é a oportunidade. Tem-se que dar o melhor de si."

Kaká e Ronaldinho

O amistoso de sexta-feira marca a estréia da seleção inglesa no novo estádio de Wembley, que foi totalmente reconstruído.

Na entrevista coletiva concedida nesta quarta, Dunga lembrou das duas vezes em que atuou no estádio de Wembley.

Em 1987, o Brasil empatou com a Inglaterra em 1 a 1. O atacante Mirandinha marcou o gol brasileiro. Oito anos depois, em junho de 1995, o Brasil derrotou a Inglaterra por 3 a 1 em Wembley, com gols de Edmundo, Juninho e Ronaldinho.

Para ele, não é necessário lembrar aos jogadores do atual elenco sobre a importância de se atuar no "templo do futebol".

"É como o Maracanã, estádio em que todos os jogadores europeus desejam atuar. A diferença para o meu tempo é que agora quase todos os jogadores têm a oportunidade de atuar por aqui."

O técnico preferiu não discutir os motivos que levaram os meias Kaká e Ronaldinho Gaúcho a pedirem dispensa da Seleção na Copa América.

"Cada um sabe de si. Foi um pedido normal, temos que respeitar."

Porém, perguntado se o jogador Dunga recusaria uma convocação, o técnico repetiu o que já havia dito antes: "Nunca".

 
 
Novo WembleyNovo Wembley
Veja fotos do estádio após reforma.
 
 
Afonso Alves, atacante do Heerenveen convocado por Dunga'Tão rápido?'
Novato na lista de Dunga diz que não esperava convocação.
 
 
O zagueiro Géder em jogo do Spartak de MoscouCraques na Rússia
Brasileiros conquistam futebol russo.
Veja
 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
LINKS EXTERNOS
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade