BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 09 de julho, 2007 - 21h15 GMT (18h15 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Britânicos são condenados por torturar epilético; veja vídeo
 
Kevin Davies
Em vídeo, Davies foi obrigado a dizer à família que estava bem
Três pessoas que mantiveram um homem que sofria de epilepsia prisioneiro por seis semanas em um galpão no quintal de uma casa em Gloucestershire, no sudoeste da Inglaterra, foram condenadas à prisão.

Kevin Davies, de 29 anos, foi encontrado morto por paramédicos em uma casa de Gloucestershire em 26 de setembro de 2006.

Amanda Baggus, de 26 anos, dona da casa, e seu namorado, David Lehane, 35, foram sentenciados a dez anos de prisão.

Scott Andrews, 27, que ajudou Baggus e Lehane a manter Davies preso, foi condenado a nove anos.

Em seu diário, Baggus escreveu sobre as punições que impunha a Davies junto com seu namorado e também sobre os pedidos de ajuda do prisioneiro.

'Tortura sistemática'

Da esq.: David Lehane, Amanda Baggus e Scott Andrews
Da esq.: David Lehane, Amanda Baggus e Scott Andrews

Os três também fizeram um vídeo de Davies, ao estilo de vídeos gravados com reféns de seqüestro, em que obrigaram o prisioneiro a falar que estava sendo "perfeitamente alimentado". Na verdade, Davies recebia apenas restos.

O promotor Ian Pringle disse ao tribunal que Davies foi tratado como um animal pelos três.

"Ele foi atacado, espancado e mantido como um cão trancado em um galpão no quintal durante a noite", disse.

"Resumindo, os últimos meses da vida deste homem devem ter sido totalmente desumanos e deprimentes."

Kevin Davies foi mantido dentro deste galpão por seis semanas
Kevin Davies foi mantido dentro deste galpão por seis semanas

"Havia ferimentos na parte de cima do braço direito e do braço esquerdo, dos lados esquerdo e direito da mandíbula e havia marcas de queimaduras que um patologista afirmou que poderiam ter sido causadas com uma faca quente", acrescentou Pringle.

"Também havia uma marca de queimadura que pode ter sido causada por um líquido corrosivo. Foram encontradas fraturas em suas costelas e ele sofreu também uma fratura na laringe. Marcas de queimadura cobriam 10% da área do corpo da vítima", afirmou o promotor.

Kevin Davies conhecia Lehane e Baggus há alguns anos, mas se desentendeu com os dois depois de um acidente de carro em maio de 2006.

Baggus culpava Davies pelo acidente e o episódio teria marcado o início da prisão e das tortura sistemáticas.

Originalmente, os três réus eram acusados de assassinato, mas a acusação foi retirada porque especialistas determinaram ser impossível afirmar se a epilepsia de Davies pode ou não ter contribuído com sua morte.

 
 
Kevin DaviesPrisioneiro
Homem foi mantido em galpão.
Veja
 
 
LINKS EXTERNOS
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade