BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 31 de julho, 2007 - 14h48 GMT (11h48 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Gene do canhotismo 'ligado a esquizofrenia'
 
mão esquerda
Pesquisadores dizem que maioria dos canhotos não desenvolve a doença
Cientistas britânicos dizem ter descoberto um gene relacionado ao canhotismo que, além de aumentar a probabilidade de as pessoas serem canhotas, também estaria associado ao risco de doenças como a esquizofrenia.

A equipe do Centro de Genética Humana da Universidade de Oxford acredita que o gene, nomeado LRRTM1, desempenha um papel importante no controle de partes do cérebro que comandam certas funções específicas como a fala e as emoções.

O estudo publicado na revista Molecular Psychiatry explica que nos destros, o lado esquerdo do cérebro normalmente controla a fala e a linguagem, enquanto o direito comanda as emoções.

Nos canhotos acontece exatamente o contrário e, na opinião dos cientistas, o gene LRRTM1 seria o responsável por essa troca.

Os pesquisadores estimam que o gene não só arrumaria o cérebro dos canhotos de forma diferente, como também aumentaria o risco de esquizofrenia, uma doença mental freqüentemente ligada ao desequilíbrio da função cerebral.

Assimetria cerebral

A esquizofrenia se carateriza principalmente por sintomas como confusões mentais, alucinações (sobretudo auditivas) e delírios.

Clyde Francks, que liderou a pesquisa, disse esperar que a pesquisa “ajude a entender o desenvolvimento da assimetria do cérebro”.

O pesquisador ponderou que os canhotos não devem se preocupar com a ligação entre canhotismo e esquizofrenia.

“Há muitos fatores que levam certos indivíduos a apresentarem esquizofrenia e a grande maioria dos canhotos nunca vai desenvolver o problema”, afirma Francks.

“Ainda não conhecemos com precisão o papel deste gene”.

Algumas evidências sugerem que há grandes diferenças entre canhotos e destros.

Uma pesquisa feita na Austrália no fim do ano passado indicou que pessoas canhotas pensam mais rápido quando estão praticando certas atividades, como esportes ou jogando jogos de computador.

 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Canhotos pensam mais rápido, diz pesquisa
06 de dezembro, 2006 | Ciência & Saúde
LINKS EXTERNOS
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade