BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 28 de agosto, 2007 - 13h51 GMT (10h51 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Alemães querem construir maior pirâmide do mundo
 

 
 
As pirâmides
Obra seria maior que as pirâmides do Egito
Um economista e um escritor planejam a construção da maior pirâmide do mundo no leste da Alemanha.

Segundo os planos dos alemães Jens Thiel e Ingo Niermann, a pirâmide seria maior que as do Egito e serviria de túmulo para pessoas de todas as religiões.

O local escolhido para a obra é um terreno perto da cidade de Dessau, no leste da Alemanha.

A pirâmide seria financiada pelas pessoas que comprarem túmulos em seu interior.

Cerca de cem interessados já reservaram uma tumba, como mostra um lista no site do projeto.

A base da construção equivaleria a seis campos de futebol. Segundo os organizadores, as obras poderiam começar daqui a dois anos.

No entanto, os organizadores Thiel e Niermann admitem que o financiamento ainda não está pronto.

A região escolhida para a construção da pirâmide é uma das menos povoadas da Alemanha, no estado de Saxônia-Anhalt, território da ex-Alemanha Oriental.

Neste fim-de-semana, a Associação Amigos da Grande Pirâmide realiza um festival de música para arrecadar dinheiro e propagar a idéia.

Os organizadores dizem que, além de seu valor espiritual, o projeto “poderá trazer trabalho para uma região em que a taxa de desemprego é de vinte por cento”.

“A pirâmide será o primeiro memorial internacional para os mortos de todos os povos, religiões e culturas”, diz Jens Thiel.

 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade