BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 08 de setembro, 2007 - 10h47 GMT (07h47 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Países do Apec assinam acordo climático
 
Líderes do Apec
Ambientalistas disseram que acordo é apenas simbólico
Líderes do Fórum de Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (Apec, na sigla em inglês) reunidos em Sydnei, na Austrália, assinaram neste sábado um acordo sobre mudança climática que estabelece como objetivo a redução de gases de efeito estufa, mas sem definir metas obrigatórias.

O Apec reúne seis dos dez países que mais emitem dióxido de carbono, incluindo os dois maiores poluidores do mundo - Estados Unidos e China.

"O mundo precisa reduzir, parar e então reverter o aumento das emissões de gases de efeito estufa", diz a chamada Declaração de Sydney, assinada por 21 países.

Entre as metas - que não são obrigatórias - estão a redução da quantidade de energia necessária para produzir um dólar do PIB (Produto Interno Bruto) em 25% até 2030 e um aumento da área florestal na região para 20 milhões de hectares até 2020.

O primeiro-ministro da Austrália, John Howard, disse que a declaração é "um marco muito importante" no caminho para um acordo global.

Mas grupos ambientalistas afirmam que o documento tem apenas um caráter simbólico, sem estabelecer objetivos concretos.

China e EUA

Greenpeace disse que o documento é mais uma "distração" do que uma "declaração".

"Sem definitir metas obrigatórias para os países desenvolvidos, o que é o mais importante, esse acordo parece mais uma manobra política de John Howard", disse a porta-voz da organização, Catherine Fitzpatrick.

O correspondente da BBC em Sydney, Nick Bryant, lembrou que esta é a primeira vez que a China e os Estados Unidos aceitam que são necessárias metas para reduzir a emissão de gases de efeito estufa.

A Declaração de Sydney também incluiu pedidos da China e de outros países em desenvolvimento para que as negociações sobre o aquecimento global aconteçam no âmbito da ONU (Organização das Nações Unidas).

A convenção da ONU sobre mudança climática está programada para dezembro em Bali.

 
 
Área alagadaCulpa do homem
Ação humana 'mudou regime de chuvas', diz estudo.
 
 
Poluição em Pequim, ChinaRelatório
Poluição do ar atinge 60% das cidades da China,
 
 
Luiz Inácio Lula da SilvaMeio ambiente
Lula ironiza mudança de postura de Bush sobre o clima.
 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
LINKS EXTERNOS
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade