BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 22 de outubro, 2007 - 20h28 GMT (17h28 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Otimismo não ajuda a vencer o câncer, diz pesquisa
 
Células cancerígenas
Estado emocional pode ajudar os que sobrevivem à doença
Um estudo feito por cientistas da Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos, aponta que o fato de pessoas com câncer estarem otimistas ou pessimistas em relação a uma cura não influencia diretamente nas chances de sobrevivência à doença.

O estudo, publicado na revista científica Cancer, analisou 1.093 pacientes com tumores na cabeça e no pescoço, que responderam a um questionário sobre seus sentimentos em relação à doença.

Ao fim da experiência, 646 pessoas haviam morrido, entre eles tanto pacientes que disseram ter um olhar otimista sobre a doença quanto os que disseram ser pessimistas sobre suas chances.

"A esperança de que podemos usar nosso estado emocional para lutar contra o câncer parece estar equivocada", disse James Coyne, que liderou a pesquisa.

Espírito de luta

Os especialistas, no entanto, ponderaram que ter um olhar otimista sobre a doença e "um espírito de luta" pode ajudar os pacientes a lidarem melhor com os tratamentos do câncer e a retomarem "uma vida normal".

"Se os pacientes querem fazer psicoterapia com objetivo de encarar com mais naturalidade o fato de que têm a doença, devem aproveitar a oportunidade. Mas não acredito que devem procurar ajuda psicológica apenas com a expectativa de que, com isso, poderão prolongar seu tempo de vida", acrescentou Coyne.

Para Jane Maher, do grupo Macmillan, que apóia pacientes com câncer na Grã-Bretanha, apesar de o estudo ter mostrado que não há ligação direta entre o estado emocional e sobrevivência à doença, os sentimentos podem influenciar a longo prazo.

"Cada vez mais pessoas estão sobrevivendo ao câncer e esta sobrevivência pode ser influenciada pelas emoções. Por exemplo, depressão e ansiedade podem prejudicar as pessoas a retomarem uma vida normal", disse Jane.

 
 
VinhoCâncer de mama
Três doses diárias de álcool aumentam risco, diz pesquisa.
 
 
Papilomavírus humanoSaúde
Uma entre dez garotas 'tem HPV antes dos 16 anos'.
 
 
CigarroCigarro
Ex-fumantes ainda têm risco de câncer de pulmão, diz estudo
 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade