BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 26 de outubro, 2007 - 10h16 GMT (08h16 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Imagens sugerem que edifício alvo de ataque de Israel na Síria 'desapareceu'
 
Caça israelense
Israel admitiu que seus caças atacaram a Síria em setembro
Imagens de satélite recém-divulgadas do local que foi supostamente alvo de um ataque aéreo de Israel na Síria no mês passado mostram que uma grande edificação que havia no local foi completamente removida.

A informação foi divulgada pelo grupo independente de pesquisas americano ISIS (Instituto para Ciência e Segurança Internacional), que obteve e analisou as imagens.

O edifício de estilo industrial poderia ser um reator nuclear em construção, segundo o ISIS.

A Síria disse nunca ter tido nenhum plano para construir um reator nuclear.

Esforço

Antes e depois
Montagem com fotos de local sírio antes e depois de ataque (Crédito: DigitalGlobe - ISIS)
Montagem mostra fotos de local de suposto ataque em 10 de agosto, com edifício ainda intacto, e no dia 24 de outubro, com área totalmente limpa
Foto: DigitalGlobe -ISIS

As imagens sugerem que, por alguma razão, as autoridades sírias fizeram um grande esforço para remover qualquer traço das instalações.

Há apenas alguns dias, o ISIS divulgou imagens de satélite de uma instalação no norte da Síria que a organização acreditava ser o alvo de um ataque israelense no dia 6 de setembro.

As imagens eram anteriores ao ataque. Mas elas mostravam um grande edifício industrial e uma estação de bombeamento perto do rio Eufrates que a organização acreditava que pudessem ser um reator em construção.

As imagens, porém, eram inconclusivas.

Pós-ataque

Agora o ISIS divulgou uma imagem mais recente do mesmo local, tomada no dia 24 de outubro, mais de seis semanas após o suposto ataque aéreo.

A imagem mostra que o edifício suspeito de ser um reator em construção foi completamente removido e o terreno completamente limpo.

Em seu relatório, o ISIS diz que uma comparação entre as imagens de antes e depois efetivamente confirma que o local foi de fato alvo do ataque israelense.

Ele argumenta que “o desmantelamento e a remoção do edifício com tal rapidez complica dramaticamente qualquer inspeção das instalações e sugere que a Síria pode estar tentando esconder o que havia ali”.

O relatório também levanta questões sobre se a Síria poderia estar em desacordo com seu acordo de salvaguardas assinado com a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA).

Sob esse acordo, o país é obrigado a notificar a agência nuclear da ONU sobre qualquer plano de construir novas instalações nucleares.

 
 
O presidente da Síria, Bashar Al-AssadSíria
Assad exige discutir Golã em reunião sobre paz.
 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
LINKS EXTERNOS
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade