BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 13 de novembro, 2007 - 12h26 GMT (10h26 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
China pede notícias positivas sobre Olimpíadas, diz jornal
 

 
 
Cartaz das Olimpíadas de Pequim
Governo teria pedido textos positivos para compensar negativos
O governo chinês pediu aos jornais do país que não publiquem reportagens consideradas negativas sobre os Jogos Olímpicos de 2008, em Pequim, segundo reportagem publicada nesta terça-feira pelo diário South China Morning Post, principal diário independente de Hong Kong.

De acordo com o jornal, o Departamento Central de Propaganda do governo chinês teria feito o pedido por meio de um memorando circulado entre os editores de jornais do país.

O governo teria enviado aos editores na semana passada instruções sobre como conduzir a cobertura dos preparativos para as Olimpíadas de 2008.

O memorando pedia que os jornais evitassem publicar reportagens que mostram o pais de um lado desfavorável, para reverter o que chamou de “uma onda de intensa publicidade negativa”, que enfrenta atualmente.

“O documento estabelecia quatro áreas que causaram ‘considerável publicidade negativa’ na imprensa internacional, como a poluição do ar, a (má) qualidade dos alimentos, (a etnia de quem serão) os carregadores da tocha e as paraolimpíadas”, disse uma fonte anônima que recebeu o documento.

O memorando também pedia à imprensa estatal que fizesse reportagens positivas sobre esses assuntos para compensar os textos negativos que foram publicados nos últimos tempos.

Banco de dados

Ainda nesta segunda-feira, o jornal estatal China Daily anunciou que o governo vai montar e monitorar um banco de dados com informações sobre os jornalistas internacionais que vão cobrir as Olimpíadas.

De acordo com o governo, por meio do banco de dados os entrevistados poderão obter mais informações sobre os jornalistas que os irão entrevistar e também assim se certificar se de fato o profissional de imprensa é “idôneo”.

Jornalistas estrangeiros familiarizados com censura na China ainda discutem se a iniciativa é positiva e se perguntam se não se trataria de uma forma de pressão.

Ofensiva de charme

A circulação das diretrizes e a criação do banco de dados vêm em meio a uma ofensiva promovida pelo Comitê de Organização dos Jogos Olímpicos de Pequim para reconquistar a simpatia da imprensa internacional.

O comitê convidou os jornalistas a visitar prédios que abrigarão os jogos aos quais a imprensa antes tinha acesso proibido.

Também foi organizada uma visita a duas fábricas que fornecerão alimentos durantes os jogos, para que os jornalistas conhecessem os padrões de qualidade aplicados na produção da comida.

Outras visitas aos “bastidores dos jogos” estão agendadas, e há um esforço por parte do comitê em atender a demanda da maior parte dos jornalistas.

“O memorando mencionava essas visitas organizadas como parte de uma campanha para reverter a situação que eles vêem aparentemente como propaganda de guerra”, disse ao South China Morning Post um editor de Pequim que não quis se identificar.

 
 
Cao XuozhengTocha Olímpica
Chinesa de 103 anos treina para missão.
Veja
 
 
Poluição cobre o Estádio Olímpico de PequimOlimpíadas 2008
Poluição em Pequim pode prejudicar público, diz OMS.
 
 
Integrantes da organização Repórteres Sem Fronteiras protestam em PequimPequim 2008
Abusos ameaçam Olimpíada, diz Anistia Internacional.
 
 
Logo das OlimpíadasOlimpíada
Jornal diz que China terá lista de 'indesejáveis'.
 
 
Tradição ameaçada
Em Pequim, casas centenárias são demolidas.
 
 
Olimpíadas de 2008
Organizador pede 'menos vinhos e mulheres' em jogos.
 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
LINKS EXTERNOS
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade