BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 03 de dezembro, 2007 - 07h37 GMT (05h37 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
'Não' tem vitória apertada na Venezuela
 

 
 
Soldado vota em referendo na Venezuela
Venezuelanos esperam o resultado do referendo deste domingo
Com 50,7 % dos votos a favor do “Não”, os venezuelanos rejeitaram em referendo popular, neste domingo, a reforma constitucional proposta pelo presidente da Venezuela, Hugo Chávez, que previa a implementação de seu projeto socialista no país.

Com um total de 90% das urnas apuradas, o Conselho Nacional Eleitoral afirma que 50,7% dos venezuelanos votaram contra o primeiro bloco de artigos submetidos à consulta, enquanto 49,29% optaram pelo "sim" no referendo realizado neste domingo.

No segundo bloco de artigos, as reformas foram rejeitadas por 51,05% dos eleitores, e aprovada por 48,94%. A abstenção no referendo foi de 44,9%.

Esta é a primeira derrota política sofrida por Chávez em nove anos de governo e após nove processos eleitorais consecutivos. Com o resultado, Chávez terá que “desacelerar a revolução”, conforme anunciou durante a campanha eleitoral.

Participação baixa

A participação neste referendo foi consideravelmente inferior à registrada nas últimas eleições presidenciais e no último referendo realizado em 2004, quando a abstenção foi de 25,3% e 30% respectivamente. O referendo popular não requer uma quantidade mínima de eleitores participantes para ser válido.

O referendo foi votado em duas partes. O bloco A continha 46 artigos, dos quais 33 foram propostos por Chávez e 13 pelos parlamentares.

Entre as propostas do primeiro bloco estavam a reeleição imediata do presidente sem limites de candidaturas, a redução da jornada de trabalho de 40 para 36 horas semanais, o fim da autonomia do Banco Central e a reestruturação do território venezuelano, entre outras.

No Bloco B, estavam os 23 artigos restantes propostos pelos parlamentares, entre eles o polêmico 337, que limita o acesso à informação nos casos de estados de exceção, e o que previa a autonomia universitária.

 
 
Estudantes protestam contra as reformas constitucionais na VenezuelaVenezuela
Oposição se une para tentar derrotar Chávez.
 
 
O presidente da Venezuela, Hugo ChávezReforma de Chávez
Entenda o que está em jogo no referendo na Venezuela.
 
 
Protesto anti-Chávez na VenezuelaVenezuela
Disputa política afeta abastecimento de alimentos.
 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Chávez rompe relações com governo de Uribe
28 novembro, 2007 | BBC Report
LINKS EXTERNOS
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade