BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 10 de dezembro, 2007 - 10h13 GMT (08h13 Brasília)
 
Envie por e-mail   Versão para impressão
Roedor arredio é filmado pela 1ª vez; assista
 
Jerboa de orelhas longas (imagem: London Zoological Society)
O jerboa de orelhas longas foi encontrado no deserto de Gobi (imagem: London Zoological Society)
Um mamífero ameaçado de extinção, o jerboa de orelhas longas, foi flagrado em vídeo pela primeira vez, por cientistas, no deserto de Gobi, na Mongólia.

O minúsculo animal tem hábitos noturnos e pode ser encontrado em desertos na Mongólia e na China.

O pesquisador Jonathan Baillie, da Sociedade Zoológica de Londres, e que liderou a expedição que registrou as imagens do jerboa, disse que o vídeo está ajudando os pesquisadores a conhecerem melhor o misterioso animal.

A espécie é classificada como ameaçada de extinção pela chamada "lista vermelha" do da União Mundial para Conservação (IUCN, na sigla em inglês).

A entidade, criada em 1948, reúne 10 mil cientistas em 147 países e monitora o estado de mais de 41 mil espécies.

'Cangurus'

"Essas criaturas saltam como cangurus - é surpreendente observar. Pequenos pelos em seus pés, quase como botas para neve, permitem que saltem pela areia", explicou Baillie. Segundo ele, o jerboa é um dos animais com as maiores orelhas em relação ao corpo.

O vídeo revelou que as criaturas passam o dia em túneis sob a areia e que elas se alimentam principalmente de insetos.

"O jerboa de orelhas longas é um pouco como o Mickey Mouse do deserto", disse Baillie, que achou o animal "engraçadinho".

A expedição forma parte do programa Edge, da Sociedade Zoológica de Londres, que se concentra em esforços para elaborar planos de conservação de animais que estão ameaçados de extinção e têm uma diferenciação evolutiva.

O jerboa de orelhas longas está entre as dez espécies que o programa está examinando este ano.

"Estas criaturas notáveis estão em vias de extinção e nós não sabemos quase nada sobre elas", advertiu Baillie.

Ele acrescentou que é importante não deixar de lado os habitats desérticos em conservação. "Todo mundo pensa que o deserto é uma área totalmente desolada, sem biodiversidade, e com freqüência quando planos de conservação são feitos, os desertos são deixados de lado".

"Mas existem algumas espécies notáveis no deserto, então nós precisamos realmente começar a prestar atenção neste ambiente."

 
 
Jerboa de orelhas longas (imagem: London Zoological Society) 'Mickey do deserto'
Cientistas flagram animal raro.
Veja
 
 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail   Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade