BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às:
 
Envie por e-mail   Versão para impressão
Turquia faz novo ataque aéreo no Iraque
 
Turquia faz novo ataque aéreo no Iraque
O ataque aéreo da Turquia teria durado por cerca de 30 minutos, segundo o Exército
A Turquia realizou neste sábado novos ataques aéreos contra os rebeldes curdos no norte do Iraque.

Jatos turcos atacaram posições dos rebeldes do movimento separatista curdo PKK (Partido dos Trabalhadores do Curdistão), segundo a página na internet do Exército Turco.

O ataque deste sábado ocorre depois da operação do último domingo e uma outra operação terrestre que atravessou a fronteira entre os dois países na terça-feira.

O governo turco afirma que o PKK está usando bases no Iraque para lançar ataques contra a Turquia.

Ataque nas montanhas

Segundo o correspondente da BBC em Bagdá Humphrey Hawksley os ataques aéreos atingiram uma região remota e montanhosa no norte do Iraque, perto da fronteira.

Na sua página na internet, os militares turcos afirmaram que o norte do Iraque não é mais um lugar seguro para os rebeldes curdos.

"O PKK vai compreender pela própria experiência que o norte do Iraque não é um lugar seguro e eles vão entender mais uma vez que não têm chance contra os militares curdos."

Mas um porta-voz dos rebeldes afirmou que não houve nenhum ferido no ataque e que a área atingida estava deserta.

Um ataque parecido, há uma semana, envolveu cerca de 50 caças turcos e deixou dez mortos, segundo o PKK. A ONU afirma que cerca de 300 famílias da região atingida naquele ataque tiveram que abandonar suas casas.

Em outubro o Parlamento turco autorizou os militares a atravessarem a fronteira para o Iraque para enfrentar os rebeldes curdos.

Ainda segundo Hawksley, apesar de os Estados Unidos terem pedido moderação à Turquia, estão dividindo informações com o governo turco. A Turquia, por sua vez, está informando Washington a respeito dos ataques antes de iniciar as operações.

Na operação deste sábado, os militares turcos afirmam que o bombardeio durou meia hora e foi seguido por outro bombardeio, disparado a partir da fronteira turca.

O governo turco afirma que tem direito de se defender contra as ações dos rebeldes curdos.

Mas as operações dentro do Iraque, na região norte, causaram tensões, principalmente entre as autoridades da região curda do país, cujo governo tem bastante autonomia em relação à Bagdá.

 
 
Iraque
Leia notícias sobre o novo governo e a violência no país.
 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
EUA negam ter apoiado ataque turco ao Iraque
17 dezembro, 2007 | BBC Report
EUA dizem ter achado câmara de tortura no Iraque
21 de dezembro, 2007 | Notícias
Tropas britânicas entregam controle de Basra
16 dezembro, 2007 | BBC Report
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail   Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade