BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 19 de fevereiro, 2008 - 14h39 GMT (12h39 Brasília)
 
Envie por e-mail   Versão para impressão
Site de fofocas de estudantes gera polêmica nos EUA
 
Página na internet
Site reúne fofocas de mais de 50 universidades
Um site que reúne fofocas anônimas enviadas por estudantes de mais de 50 universidades americanas está criando uma onda de protestos, acendendo o debate sobre liberdade de expressão e difamação na internet.

Lançado em meados de 2007, o JuicyCampus.com encoraja estudantes a dividirem suas fofocas e pensamentos, garantindo o anonimato dos usuários.

Os usuários também são convidados a comentar e votar nas fofocas mais quentes. Atualmente, o site inclui fofocas de mais de 50 universidades.

Em princípio, a intenção era abrir um espaço virtual de debate entre os estudantes, onde eles poderiam comentar artes, música ou a vida no campus, simplesmente, mas quando se acessa a página, nota-se que a maioria dos tópicos é sobre sexo, seios, nádegas ou quem usa mais drogas no campus.

“Desde a criação do site JuicyCampus.com, emergiu uma nova raça de celebridades do campus: aqueles que, desavisadamente, foram rotulados e difamados na internet”, escreveu Ginger Enclade no jornal estudantil Daily Bruin, da UCLA, na Califórnia.

Acesso ilimitado

Uma das questões que mais vêm preocupando os estudantes é o eventual potencial do site de destruir reputações e até ameaçar o futuro profissional.

“Esta é uma falha geral de nossa geração”, diz Enclade, “nós subestimamos os poderes da rede mundial de computadores”, acrescenta, lembrando que pais, professores e funcionários da universidade, e até mesmo as vítimas das difamações, também têm acesso ao site.

A polêmica é tão grande que na Universidade Pepperdine, na Califórnia, o diretório central estudantil realizou uma enquete online e concluiu que 85% dos estudantes eram a favor da proibição do site no campus. Outros 10% votaram contra, 2% disseram não ter opinião sobre o assunto e 3% disseram que não sabiam do que se tratava o JuicyCampus.com.

“Com a adição da Pepperdine ao JuicyCampus.com os estudantes chegaram ao nível mais baixo de todos os tempos”, escreveu Gloria Sheller no jornal universitário The Graphic.

“Espalhar rumores pelo disse-me-disse já é ruim o suficiente, mas fazê-lo de modo que milhões de pessoas possam acessá-los online é um pensamento aterrorizador.”

Apesar do pedido da central de estudantes para que o site fosse proibido, a administração da universidade decidiu adiar a decisão e realizar uma nova consulta, alegando que restringir o acesso seria muito controverso, segundo o jornal.

Os administradores da universidade também enviaram cartas aos operadores do site e ao site hospedeiro, Media Temple Inc, além do Google, que coloca os anúncios que sustentam o JuicyCampus.com, exigindo a retirada dos posts difamatórios e pedindo maior moderação.

Em uma das cartas, Timothy Chester, responsável pelo departamento de informação da universidade, afirma que o site é “uma parede de banheiro virtual”. Nenhuma das empresas respondeu às cartas.

A questão ainda reabre o debate sobre responsabilidade legal na internet já que, segundo as leis americanas, o site, em princípio, não seria responsável pelas declarações nele postadas. E segundo o JuicyCampus.com, não há como rastrear eletronicamente os autores das mensagens.

Gloria Sheller, da Universidade Pepperdine, reconhece que o conceito do site é admirável. “Ter um fórum de estudantes para as pessoas discutirem o que elas quiserem parece uma boa idéia. Quando as pessoas levam isso ao ponto de nomear possíveis fraternidades homossexuais ou começar rumores sobre quem fez ou não um aborto, o mérito se perde.”

Segundo o criador do site, Matt Ivester, disse ao Daily Bruin, “o site foi criado para a diversão. Não achamos que é para ser levado muito a sério.”

 
 
Paris
Internet grátis em locais públicos.
Veja
 
 
Saga Zone
Empresa cria site de relacionamento para 'cinquentões'.
 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail   Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade