BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 28 de dezembro, 2008 - 19h14 GMT (17h14 Brasília)
 
Envie por e-mail   Versão para impressão
Ministra israelense diz que operação tem sido 'um sucesso'
 
A ministra do Exterior de Israel, Tzipi Livni. Foto: AP
Livni disse que Israel quer mudar a realidade em Gaza
No segundo dia de ataques aéreos contra a Faixa de Gaza, a ministra do Exterior israelense, Tzipi Livni, disse, neste domingo, que a operação tem sido “um sucesso”.

Segundo ela, Israel estaria determinado a mudar “a realidade em Gaza e libertar permanentemente os israelenses dos foguetes lançados contra o país durante quatro anos”.

As autoridades israelenses já deixaram claro que a operação será longa e pode envolver ofensivas terrestres.

Em entrevista à BBC, o ministro da defesa de Israel, Ehud Barak, disse que uma invasão do Exército no território palestino poderia ser iniciada "se o (grupo militante palestino) Hamas não mudar seu comportamento".

Israel afirma que os ataques servem para tentar forçar o Hamas a por um fim ao lançamento de foguetes por militantes palestinos contra alvos no país.

Novos ataques

Neste domingo, jatos israelenses bombardearam cerca de 40 túneis no sul da Faixa de Gaza.

Israel diz que os túneis bombardeados na área próxima à cidade de Rafah eram usados para contrabandear armas ao território palestino. Os palestinos dizem que eles eram usados para trazer suprimentos do Egito.

Entre outros alvos dos ataques israelenses deste domingo estiveram o quartel-general das forças de segurança do Hamas, a sede de um canal de TV de propriedade do grupo islâmico e uma mesquita.

Em resposta aos ataques israelenses, militantes palestinos dispararam foguetes do tipo Qassam contra Israel, matando um israelense na cidade de Netivot, 20 km ao leste da Faixa de Gaza.

Israel diz que os militantes lançaram 110 foguetes contra seu território.

Médicos palestinos dizem que os ataques, iniciados no sábado, mataram mais de 280 pessoas.

O líder do Hamas em Gaza, Ismail Haniyeh, acusou Israel de ter promovido "um massacre" e convocou uma nova intifada, ou levante, contra Israel.

 
 
Ataque aéreo atinge alvos na Faixa de Gaza Faixa de Gaza
Israel realiza novos ataques
Veja
 
 
Menina palestina ferida em ataques Ataques em Gaza
O que você acha da ação militar israelense? Opine.
 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Israel bombardeia túneis no sul de Gaza
28 dezembro, 2008 | BBC Report
Ataques provocam medo e desespero em Gaza
28 dezembro, 2008 | BBC Report
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail   Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade