A modelo que desafia estereótipos de beleza com 'monocelha'
A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

A modelo que desafia estereótipos de beleza ostentando 'monocelha'

Sophia Hadjipanteli tem a beleza típica das modelos que vemos nas passarelas e catálogos, a não ser por um detalhe nem tão discreto assim.

Ela ostenta com orgulho fartas sobrancelhas pretas e diz querer com isso questionar e até mesmo alterar os padrões de beleza com o movimento #unibrow (#monocelha).

“Estamos mudando a forma como as pessoas consideram algo bonito”, diz ela.

“Se o visual das pessoas é de certa forma, se elas gostam daquilo, elas têm o direito de ter aquele visual.”

A modelo grega de 21 anos nem sempre teve sobrancelhas assim. Certa vez, ela acidentalmente tingiu os pelos loiros de preto e decidiu adotar de vez o visual.

Seu visual já despertou as mais diversas reações das pessoas. Conta já ter ouvido que é “singular”, “diferente”, “chocante”, “feia” e “linda”. Mas não se importa com os adjetivos mais negativos.

“Independentemente dos padrões de beleza, tudo é belo para alguma pessoa em algum lugar do mundo”, afirma.

“Isso ter a ver com o que eu gosto, eu tenho direito a gostar do meu visual.”

Mas nem todo mundo concorda com a modelo, a julgar pelas reações que recebe em sua conta no Instagram, onde tem mais de 188 mil seguidores.

“Quando as pessoas começaram a descobrir quem eu era nas redes sociais, passei a ser alvo de um pouco mais de ódio.”

Ela conta que alguns a criticam por considerá-la hipócrita por não fazer a sobrancelha, mas ter cuidado com todo o resto de seu visual.

“Eu nunca vi problema nisso”, explica ela.

“Minha avó, minhas tias, meus tios, todos têm sobrancelhas e nunca foram pressionados a depilá-las ou a manter do jeito que são. Nunca foi algo com o que se importaram.”

Ela conta que, se pudesse dizer algo para ela própria mais nova, falaria: “Não dê ouvidos às pessoas que são más com você. Só as ignore”.