Morre youtuber que postou nas redes sua luta contra fibrose cística

Claire Wineland Direito de imagem CLAIRE WINELAND/INSTAGRAM
Image caption Claire Wineland morreu após fazer um transplante de pulmão

Uma jovem americana com fibrose cística que ficou famosa por seus textos, discursos e redes sociais morreu após receber um transplante de pulmão.

Claire Wineland, de 21 anos, ficou conhecida por seus posts sobre doenças e mortalidade nas redes sociais.

Wineland passou por um transplante de pulmão duplo bem sucedido no dia 26 de agosto, mas sofreu um derrame pouco depois.

Direito de imagem CLAIRE WINELAND/INSTAGRAM
Image caption A fundação de Claire Wineland diz que a youtuber morreu pacificamente ao lado de sua família

Em um post em sua página no Facebook, a Fundação Claire's Place disse: "Nossa fundadora inspiradora faleceu. Ela não estava sentindo dor e a equipe médica disse que foi a passagem mais pacífica que eles já presenciaram".

Em uma palestra no TEDx 2017, Wineland falou sobre a importância de se valorizar ao conviver com uma doença degenerativa.

"A vida não é apenas sobre ser feliz... É sobre o que você está fazendo da sua vida e se você pode sentir um profundo orgulho de você", disse ela.

Fuga do hospital

Wineland foi uma defensora do senador democrata Bernie Sanders, e certa vez fugiu do hospital para participar de um de seus comícios.

O candidato presidencial do partido democrata em 2016 prestou homenagem a ela em um post no Twitter.

Direito de imagem CLAIRE WINELAND/INSTAGRAM
Image caption Wineland chegou a fugir do hospital para participar de um comício do senador democrata Bernie Sanders

Em sua última publicação nas redes sociais antes de seu transplante, Wineland falou sobre a importância da doação de órgãos para pessoas com fibrose cística.

"Eu sou grata pelos médicos que pegarão esses pulmões e me darão mais vida. Eu sou grata pela chance de continuar sendo uma pessoa", disse ela.

Os órgãos dela foram disponibilizados para transplante.

"Seu rim direito foi transplantado para uma mulher de 44 anos, em San Diego, e seu rim esquerdo foi transplantado para um homem de 55 anos no norte da Califórnia", disse a mãe, Melissa Yeager, à CNN.

A fibrose cística é uma condição genética sem cura conhecida. A doença cria muito muco nos pulmões e outros órgãos, causando infecções e problemas de digestão.

Direito de imagem CLAIRE WINELAND/INSTAGRAM
Image caption A fibrose cística cria muito muco nos pulmões e outros órgãos, causando infecções e problemas de digestão

A Fundação Fibrose Cística, com sede nos EUA, diz que mais de 70 mil pessoas vivem com a doença em todo o mundo, com uma média de idade de 40 anos.

Claire Wineland ganhou proeminência por manter-se ativa e discutir abertamente as questões relativas a viver com a doença.

Ela criou um canal no YouTube, que tinha mais de 250 mil inscritos, no qual falava sobre suas experiências.

No entanto, a fibrose a obrigou a deixar a plataforma em 2017.

Apesar disso, Claire manteve um grande número de seguidores no Twitter e no Instagram, falando francamente sobre sua vida e compartilhando momentos pessoais.

Ela também abordou suas opiniões sobre a noção de atratividade da sociedade por pessoas com deficiência e tentou quebrar esses tabus.

"Eu lutei mais com caras, drogas depressivas, família e carreira do que com a minha doença. Eu não sou inocente e não sou criança", escreveu ela em março.

Notícias relacionadas