História

  1. Alessandra Corrêa

    De Winston-Salem (EUA) para a BBC News Brasil

    Homenagem a George Floyd

    Cidade é considerada a quarta pior área metropolitana dos EUA para negros morarem e tem uma das maiores disparidades raciais do país em indicadores como pobreza e desemprego.

    Leia mais
    next
  2. Gabriel Bonis

    De Berlim para a BBC News Brasil

    Muro de Berlim

    A polícia secreta da Alemanha Oriental teve uma instituição de ensino superior para treinar agentes em técnicas de vigilância. Após a reunificação alemã, os ex-alunos mantiveram seus títulos.

    Leia mais
    next
  3. Cristina J. Orgaz - @cjorgaz

    BBC News Mundo

    Mais de 100 mil pessoas morreram nos EUA em decorrência da gripe de Hong Kong

    Ela foi uma das três grandes pandemias de gripe do século 20: a espanhola em 1918–20, a gripe asiática de 1957–58 e a de Hong Kong, que foi de 1968–1970.

    Leia mais
    next
  4. Edison Veiga

    De Bled (Eslovênia) para a BBC News Brasil

    Francisco e o papamóvel: carro papal ficou famoso com João Paulo II

    Na segunda, dia 18, ocorrerá transmissão da missa em memória ao centenário de nascimento do papa João Paulo 2º (1920-2005), aquele que é considerado o primeiro papa a ter sua vida constantemente sob os holofotes.

    Leia mais
    next
  5. Edison Veiga

    De Bled (Eslovênia) para a BBC News Brasil

    Vitral com retrato de Joana D'Arc

    A filha de camponeses que decidiu lutar para salvar a França da invasão inglesa após 'ser instruída' por vozes divinas foi acusada de feitiçaria e morreu queimada viva aos 19 anos. Hoje, é um símbolo católico e feminista.

    Leia mais
    next
  6. Amanda Rossi e Camilla Costa (@_camillacosta)

    Da BBC Brasil em São Paulo

    Ilustração

    Conheça a história de Luís Gama, André Rebouças, Maria Tomásia Figueira Lima, Adelina, Dragão do Mar e Maria Firmina Reis, importantes abolicionistas brasileiros.

    Leia mais
    next
  7. Camilla Veras Mota - @cavmota

    Da BBC News Brasil em São Paulo

    O delegado Joaquim Firmino de Araújo Cunha

    Em fevereiro de 1888, Joaquim Firmino de Araújo Cunha foi espancando até morrer por uma multidão atiçada por dois ex-confederados que haviam lutado contra o fim da escravidão nos EUA.

    Leia mais
    next