Ex-presidente egípcio Hosni Mubarak será julgado no Cairo

A agência oficial de notícias do Egito anunciou nesta quinta-feira que o julgamento do ex-presidente Hosni Mubarak, acusado de corrupção e de ter ordenado o assassinato de manifestantes, vai começar na primeira semana de agosto, no Cairo.

Mubarak deixou o governo, após três décadas no poder, em fevereiro deste ano, forçado por uma série de rebeliões populares. O ex-presidente está preso em um hospital no balneário de Sharm-el-Sheikh.

Médicos do ex-presidente disseram que ele está fraco e recusa alimentos sólidos. A transferência de Mubarak para o Cairo é uma das principais exigências dos manifestantes pró-democracia.

Os dois filhos de Mubarak e seu antigo ministro do interior, Habib al-Adli, presos no Cairo, também serão julgados.