Polônia diz que Rússia teve parte da culpa por desastre que matou presidente

Um relatório polonês concluiu que a Rússia tem parte da responsabilidade sobre o acidente de avião que matou o presidente da Polônia, Lech Kaczynski, em abril de 2010.

A investigação aponta que erros do piloto foram a principal razão da queda do avião, mas também afirmou que os controladores de voo e as más condições de iluminação no aeroporto russo de Smolensk também foram responsáveis.

O avião TU-154 Tupolev caiu ao tentar aterrissar em Smolensk em meio a uma forte neblina.

O acidente matou todos os 96 ocupantes do avião, incluindo a elite política e militar polonesa, e tem sido um motivo de tensão entre Polônia e Rússia.

Em janeiro, um relatório russo disse que a Polônia era a única culpada pela situação. No entanto, o governo polonês afirmou que o relatório estava "incompleto".