Egito muda local de julgamento de Mubarak

As autoridades egípcias disseram neste domingo que o julgamento do presidente deposto Hosni Mubarak acontecerá na academia de polícia do Cairo, afastada do centro da cidade, e não em um centro de convenções da capital, onde estava previsto.

O local do julgamento, que começa na próxima quarta-feira, foi modificado por razões de segurança.

Mubarak, de 83 anos, está sob custódia policial em um hospital no balneário de Sharm el-Sheikh desde o mês de abril.

Ele é acusado de corrupção e de ordenar o assassinato de manifestantes durante o levante popular que o tirou do poder, em fevereiro.

Médicos dizem que o ex-presidente egípcio está em más condições de saúde, recusa alimentos sólidos e está sofrendo de depressão. No entanto, o governo afirma que ele está em condições de ser levado para o Cairo para o julgamento.