Homem que 'atacou' Rupert Murdoch com torta de espuma é condenado

O homem que atirou espuma de barbear no magnata da mídia Rupert Murdoch foi condenado nesta terça-feira a seis semanas de prisão na Grã-Bretanha.

O britânico Jonathan May-Bowles, de 26 anos, admitiu ter atacado Murdoch durante o depoimento do dono do tablóide News of the World no Parlamento, sobre o caso das escutas ilegais feitas por funcionários do jornal.

May-Bowles, que se identifica como "Jonnie Marbles", é um comediante de stand-up. Ele deverá servir metade da sentença na prisão e pagar mais de R$ 700 em custos.

Rupert Murdoch e seu filho, James, estavam falando ao comitê de Cultura, Mídia e Esporte da Câmara dos Comuns, em 20 de julho, quando o homem correu em direção aos dois e atirou a espuma no milionário australiano.

Depois de se declarar culpado na última semana, May-Bowles disse aos repórteres:

"Só gostaria de dizer que este é o dia da minha vida em que me sinto mais humilde", imitando a declaração de Murdoch aos parlamentares no dia do depoimento.